quarta-feira, outubro 19, 2005

URGENTE 2

Fazemos uma aposta?
Poucos lamecenses conseguirão deslindar a localização desta fotografia...só podemos adiantar que estamos em pleno centro de Lamego e que, infelizmente, temos muitas mais imagens assim...

Uma ajuda...a casa ao lado.

Para evitar tragédias urge detectar, avaliar e se necessário intervir.

19 comentários:

U_Massa disse...

Não sei, a foto parece-me ser no Bairro da Ponte, mas há outras zonas da cidade com casas em risco de ruir, como no cimo da Rua de Almacave, na Seara, Praça do Comércio, etc, etc. Realmente o Sr. Xico tem muito trabalho que urge realizar, não sei é se vai haver verbas para isso... pelo orçamento de estado ontem conhecido, não...

Moderador disse...

Viva u-massa...não é no Bairro da Ponte, mas é verdade que, em Lamego, há muitas casas habitadas em risco de ruir...

Eurico A. Oliveira disse...

O Sr. moderador que me desculpe mas a fotografia não é de Lamego. É de Angola.

Quantos levantamentos de habitações em risco fez o Sr. da Protecção Civil durante estes anos?

Castelo Preto disse...

Quer dizer: os inclinos estão há anos a viver nas casas pelas quais pagam uma miséria; não saem das casas e também não as compõem... os senhorios não têm hipóteses de as compor pelo preço irrisório que recebem das rendas; a situação vai-se degradando... e querem ver que a culpa é da câmara???

Castelo Preto disse...

Ah, já agora, respondendo ao desafio: a mim parece-me que é uma csa que fica ali na quinta do cerrado, situada entre a Albegaria do Cerrado e a rua que liga a Praça do Comércio à Ortigosa, por detrás do prédio ond está instalado o snack bar "O Sonho"...

e.f. disse...

Muitas destas casas pertencem a inquilinos com rendas irrisórias o que torna a recuperação dessas habitações praticamente impossível, a não ser que o senhorio seja um milionário com bom coração...

Por outro lado não se pode aumentar muito as rendas a pessoas que vivem nestas condições...

Assim não resta alternativa à participação da Câmara, numa primeira fase escorando situações problemáticas fase essa que dê margem de manobra a numa segunda fase de negociação de soluções com os proprietários. Ou fazem obras, ou vendem, ou dão à exploração, nunca esquecendo a situação do inquilino - e é aqui que a Câmara tem que ajudar com boas políticas de habitação social.

e.f. disse...

A foto deve ser das traseiras da Rua Nova do lado do "Pote".

Moderador disse...

Embora o desafio não seja, naturalmente, o mais importante, é um estímulo, e portanto decidimos dar mais uma ajuda - a casa ao lado.

Um dia a casa...

Mal Informado disse...

Eu sei onde é mas não digo... mas à naturalmente outras situações idênticas a este caso, o da olaria, a seara, a ponte e tantas outras... A C.M devia tomar previdências e tentar junto dos proprietários arranjar uma solução concertada...

Bem informado disse...

Eu não sei onde é mas digo...deve ser na Rua da Pereira.

Bem informado disse...

ou então em Beirute!

Jerico A. Oliveira(o original) disse...

Depois de ter dado na cabeça, e de que maneira, no blog do ex presidente, ESTOU DE VOLTA.
mas só voltei porque me foi dito que este blog não era partidário mas pretende desta forma chamar a atênção para os vários problemas que encontramos na nossa cidade.
E já agora estas fotos sâo na rua CARDOSO AVELINO. E estas eram as vistas que as pessoas teriam se já tivesse sido contruida a tal estrada que estava projectada para retirar o trânsito à referida rua.

Moderador disse...

BINGO! Parabéns jerico...não era nada fácil...

1arb disse...

Realmente o problema das habitações degradadas tem que ser encarado seriamente. Lamego não foge à regra.

Quanto ao mim a Câmara tem responsabilidades pela preservação do património urbanístico e, por outro lado, é legalmente obrigada a assumir as suas responsabilidades, designadamente obrigando os proprietários a fazer obras. E se a Lei das Rendas actual poderá ser um entrave, também é certo que também esta permite a actualização das mesmas, após terem sido feitas obras pelos senhorios.
Aliás, que se protejam os inquilinos, porque se entrar em vigor o novo regime das rendas - já aprovado em Conselho de Ministros - estas situações serão revistas. Penso no entanto, que a solução encontrada não foi a melhor, na medida em que são os senhorios que assumem um papel que deveria estar somente destinado ao Estado: a promoção do direito a uma habitação condigna!

Voltando a Lamego - somente a Câmara poderá intervir, em casos calamitosos como estes. E doa a quem doer tem que riscar a direito a assumir o seu papel de autoridade! Tem um poder dever de agir, sob pena do céu nos cair em cima. Esperamos que este novo executivo saiba ter sensibilidade suficiente para encontrar as melhores soluções para a resolução destes problemas!

E de todos os outros urbanísticos, que começam desde logo no licenciamento das construções…

(desculpem a extensão do artigo, mas muito mais haveria a dizer).

Moderador disse...

Nada a desculpar...espaço aqui não falta...Tudo a agradecer por mais um excelente comentário.

Muto chateado disse...

Oube lá... Estamos fornicados, oubi dizer que este nobo ezecutibo é só tachos, axo que num bamos sair da cepa torta... bamos continuar no marasmo puliticu que estes fdputs nos troucerao.. tamos completamente "violentados"! E vcs axam que a câmara bai fazer preson junto dos proprietarios das casotas... soides crentes! k benha a gripe das abes... ao menos num pago o emprestimo que fiz pra comprar o t1(acair de podre)! FOsga-se!

Compadre disse...

Pois é...mas antes desses tachos vamos ver quantos o zezito arranja para si e seus amigos...

Pelo menos já garantiu ao amiguinho mais 5 anos de stand de automóveis no Parque da Cidade.

Obrigado por nada. Vai embora Zé!

Jornal do Douro disse...

NADA DE ESTRANHAR!

"Os sete senhores que se costumam reunir às segundas à tarde num gabinete dos Paços do Concelho, para tratar dos assuntos de Lamego, na reunião de anteontem, voltaram a fazer das suas!

Juntos, os tais senhores, decidiram prorrogar por mais cinco anos a cedência de um espaço no Parque da Cidade (recinto da feira), para a continuidade do stand de automóveis que ali se encontra instalado a título precário, vão já largos meses.

Ora, quando o espaço do domínio público (que é de todos nós), não é dignificado e é cedido sem que tenha ido a uma hasta pública, criando dessa forma a oportunidade a que eventuais interessados naquele espaço, pudessem estar em igualdade de oportunidades em circunstâncias da realização de um concurso que deveria ser claro e transparente, onde pudessem ser defendidos os reais interesses da autarquia, é no mínimo, uma situação estranha.(...)."

Jornal do Douro disse...

LAMEGO A SORRIR

" - Então já sabes que agora, o presidente derrotado, quer presidir à Região de Turismo e à Comissão Política do Partido Socialista?!

- É! Parece que o homem quer continuar com o título de presidente, seja lá do que for..."