sábado, março 18, 2006

GASTRONOMIA TRADICIONAL

Todos nós sabemos que em Almeirim podemos comer a Sopa de Pedra, na Mealhada o Leitão, em Miranda a Posta e em Lamego o Cabrito.
O site da Câmara Municipal de Lamego aconselha " para a refeição principal, o ideal é o cabrito assado com batatas e arroz de forno. Este é o prato mais representativo da gastronomia lamecense. Também se pode optar pelos milhos com entrecosto, pelas trutas de escabeche, ou, para quem aprecia a caça, coelho assado no forno".
Mas, se em Almeirim, na Mealhada ou em Miranda do Douro é difícil entrar num restaurante que não confeccione esses pratos tradicionais em Lamego, pelo contrário, torna-se difícil entrar num restaurante e encontrar a afamada Gastronomia Regional. O cabrito por cá é prato domingueiro, ficando o resto da semana dedicado às picanhas, cataplanas, lasanhas e afins. Mais complicado ainda será encontrar os milhos com entrecosto, as trutas de escabeche e o coelho no assado forno. Quando um amigo ou turista nos solicita um local para saborear a nossa cozinha regional, de entre tantos, poucos são os nomes que nos vêm à cabeça.
Fácil de encontrar só a gastronomia das pastelarias. "Para petiscar é obrigatório saborear as bolas. De presunto, fiambre, vinha d'alhos, frango, atum, sardinha ou bacalhau, cai sempre bem".
"Em Lamego a gastronomia é uma Arte e uma Festa. Uma grande parte dos pratos e da doçaria tradicional tem uma história velha de séculos e as suas receitas passaram de geração em geração". Falta estimular os nossos restaurantes a utilizarem os produtos de qualidade da nossa região para confeccionarem a tal Arte que atraia os apreciadores do "país e do mundo todos os dias aqui..." em Lamego.

5 comentários:

JosePedroSilva disse...

Esta noticia é verdadeira, pois em Lamego é mt dificil encontrar os tipicos pratos regionais.
Encontra-se sim, a bola, o presunto , enchidos , etc, mas o cabritinho e o coelho assado , esses já são iguarias esquecidas.
Eu acho que se devia fazer uma feira gastronomica em Lamego para que esses pratos se tornassem conhecidos e que as pessoas , sobretudo turistas, pudessem saborear.
Aqui fica a minha sugestão

Amandio F. disse...

Concordo, o melhor seria reabilitar a Expodouro transformando-a em feira gastronómica. Não acredito que os stands de móveis, aspiradores e computadores sejam o melhor que o Douro tem para expor. Transformar a Expodouro num certame gastronómico, mantendo os stands dos vinhos e artesanato, não só faria mais sentido como também a tornaria mais rentável útil e reconhecida.

Quanto ao prato típico não conheço nenhum restaurante da cidade que se dedique diariamente à gastronomia regional. Talvez a câmara possa orientar os restaurantes para a necessidade de apresentar na ementa pratos tradicionais que angariem visitas à nossa cidade e região. O arroz de salpicão é um bom exemplo.

Percursor disse...

Concordo, não em toda a expodouro, mas sim numa área especifica desta feira. Seria também uma maneira de aumentar o seu contéudo e abrangência.

Anónimo disse...

Lamento afirmar que Lamego vive as custas da cunha e do compadrio político.

Em Lamego os cargos públicos não são, nem nunca foram ocupados pelo mérito mas sim pelo compadrio.

Vejam quem manda no:

IEFP -- PSD --- aluno medíocre

Eng. da câmara?

São todas das famílias de "patos bravos" empreiteiros.

Em que as notas dos mesmos muito deixam a desejar em relação aos seus colegas de turma.
Mas que por sinal os melhores alunos não tinham a cunha para a câmara e depois temos de aturar as burridades destes eng. Medíocres

Bombeiros -- comandante -- aluno medíocre


Onde para o mérito em Lamego??????

Miguel Teixeira Ribeiro disse...

Felizmente nas refeições familiares ainda se encontram esses pratos. Mas é uma falta de amor próprio não se preocuparem com a sua falta nos restaurantes. O mesmo se diga das bolas que, sendo diversas e deliciosas, em poucos lugares se poderão considerar " de Lamego". Uma boa parte será semelhante aos "lanches" e "merendas" de qualquer canto do país. É preciso fazer qualquer coisa, mas façam. Por mim, continuarei atento