domingo, fevereiro 17, 2008

TEATRO - CAVACO NA REABERTURA


O emblemático Teatro Ribeiro da Conceição, Lamego será inaugurado no próximo dia 23 de Fevereiro, na presença do Presidente da República, Cavaco Silva. Este espaço de cultura lamecense encerrado desde 1987, reabre ao público depois de muitos constrangimentos políticos e económicos. A sua recuperação avançou depois da compra de uma parcela desde edifício setecentista, que era propriedade privada. Como explicou o autarca era condição indispensável para a Câmara obter a comparticipação financeira necessária, através do Programa Operacional da Cultura (POC), para avançar com o processo de renovação do imóvel. O investimento total é superior a 5 milhões de euros.


A intervenção em curso preservou a fachada e a decoração do interior, inspirada nas grandes salas de teatro italianas. A casa de cultura de Lamego dispõe de salas de espectáculos com capacidade para eventos diversificados, a plateia vai ser preservada, terá serviços de apoio a actividades colaterais, salão de exposições para eventos e para venda de artigos, salas de apoio a artistas e de promoção de actividades artísticas, com 364 lugares sentados. O edifício e a nova sala de espectáculos terão um moderno equipamento audiovisual e sonoro, adaptado às novas funcionalidades da arte cénica.

Francisco Lopes classificou o momento como “um acto simbólico para o desenvolvimento cultural de Lamego e do Douro Sul”, pondo “cobro a quase duas dezenas de anos de abandono”. A autarquia quer que o teatro Ribeiro Conceição “seja um equipamento público capaz de estabelecer e desenvolver uma acção educativa abrangente, tornando o espectador mais conhecedor e exigente”. FONTE: LH

126 comentários:

Anónimo disse...

...o emblemático teatro...
Era emblemático, sim, mas para os lamecenses.
A partir de agora passará ser emblemático para o arquitecto corcuvado, o paulinho das contas, para a tété e ainda para aquelas duas esécies de director e programador que vieram de longe para nos dar cultura.
Os lamecenses estão tão satisfeitos com isto que irão em massa acorrer aos espectáculos todos para que lhes falte o dinheirinho ao fim do mês.
Ao que chegaram os lamecenses; tratados como burrinhos por aqueles que nunca tiveram o privilégio de entrar naquela casa que devia ser nossa.
Que vergonha para Lamego!

Anónimo disse...

É verdade. Também penso que é uma vergonha para todos os lamecenses quando forem ao TRC e não conhecerem ninguém que lá vai trabalhar.
Que saudades do tempo em que Lamego recebia grandes espectáculos e, mais importante ainda, quando em Lamego se realizavam grandes espectáculos integralmente feitos por gente de Lamego.
Eu estive no espectáculo que se encontra ao lado. Penso que foi a encenação da MIssa Crioula. E pergunto: Quem dos responsáveis por esta infraestrutura emblemática esteve lá, em 1986?
Eu sei a resposta: nenhum de vós.
Mas sois vós que hoje mandais e fostes escolhidos para nos trazer cultura.
Muito obrigado, eng Lopes mas de cultura percebem mais a grande maioria dos lamecenses do que os lacaios que V. Exa escolheu para o TRC.
Não nos esqueceremos nunca de que o TRC é nosso e que na cidade existem pessoas bem mais capazes para estar à frente dos destinos culturais da cidade. È pena que quem o rodeia não preste para nada e que V. Exa tarde em conhecer os verdadeiros lamecenses.
Lá diz o ditado: "junta-te aos bons e serás como eles; junta-te aos maus e serás pior do que eles."
Pense nisso.

Anónimo disse...

Afinal quem é o director?
Alguém sabe?
Ah! só o arquitecto é que sabe... está bem.

Anónimo disse...

A escassos 5 dias dias da reabertura do TRC os lamecenses não deviam ser informados sobre quem é a equipa responsável do teatro, o que pensam para o futuro daquela casa e, já agora, qual vai ser o espectáculo de abertura?
Não nos substimem...

Anónimo disse...

P'rá abertura Filandorra; apresentador: Melchior moreira (por estar habituado a falar muito em público, especialmente na As da República; na plateia, à frente, Xico Lopes e sua partner Tété; Amândio na última fila prontinho para lhes arrumar com uns tomates bem maduros; Coutinho na bilheteira a oferecer entradas grátis às damas; o Veterinário como guarda-costas do Teatro; o Pinto escondido nas bilheteiras a ver se gama algum; numa frisa os dois velhos marretas MIgueis e correia; no camarote os dois vereadores do PS; nas galerias, para que ninguém lhe possa acertar com nada, o vaidoso do programador. E o director? AH! esse é o fantasma... do TRC. Guião e direcção de cena a cargo do secretário...

Anónimo disse...

PORRA
PORQUE É QUE NÃO NOS APRESENTAM O DIRECTOR E O VICE?
TÊM VERGONHA DAS ESCOLHAS?
TIVESSEM PENSADO ANTES

Anónimo disse...

Escorraçaram a Fernanda Carvalho e arranjaram dois palhaços que ainda por cima nunca tinham vindo a Lamego...
Pobre sina a nossa

Anónimo disse...

MENTIRA! Não era necessário comprar o resto do teatro, como foi comprado, para se fazerem as obras. MENTIROSOS!

Anónimo disse...

Ó fernando Cabral pede ao teu irmão e coloca aqui algumas imagens de espectáculos feitos em lamego e exclusivamente por lamecenses para esses burros da câmara verem como são incultos e darem conta que nas datas em que esses espectáculos eram feitos no teatro ainda eles moravam nas suas parvónias e nem sonhavam que havia casas como o TRC.

Anónimo disse...

É uma vergonha para os lamecenses terem à frente do Teatro pessoas com um currículo tão irrelevante...
Mas, por outro lado, este tipo de pessoas é que interessa para que sejam subservientes ao poder político.
A cultura nunca se deu bem com a política; a cultura estará sempre acima da política, quanto mais da politiquice brejeira como aquela a que estamos cansados de ter em Lamego.
Viva a Cultura! Abaixo o compadrio!

FX disse...

O TRC vai reabrir após alguns anos em agonia.

Lamentável, e julgo que os lamecenses não irão perduar, é que na equipa que coordena esta infraestrutura, não haja um só lamecense.

Mais penoso é que um dos "Big Boss" o Arq.(?) Miguéis, a quem se ficou a dever um dos abortos (projectos) da recuperação deste teatro, onde se gastaram milhares de contos e fazer e que agora se gastaram milhares para deitar a baixo, apareça como uma das figuras deste novo teatro.

Mais penoso ainda é o facto deste individuo nunca aparecer em tempo algum, num qualquer evento sobre cultura (música/cinema/exposições/bailado entre muitas outras coisas) a menos que estivesse escondido debaixo de alguma cadeira (confesso que nunca me dei ao trabalho de ver).

Por mim, sendo uma das pesooas, que sempre que pode, esta presente neste tipo de manifestações culturais já decidi - Teatro Ribeiro Conceição com esta gente J'aime, J'aime.

Anónimo disse...

Ouvi hoje o Francisco Lopes na Radio Douro Sul dizer que está disposto a gastar alguns milhares de euros (pudera não são dele) para colocar Lamego no circuito nacional da cultura.Agora eu pergunto: Quem é o otário que vai vir do Porto,Lisboa ou Coimbra a Lamego para assistir a um espectáculo no nosso Teatro? Sr presidente tenha juizo e gaste o dinheiro em coisas uteis.

lamecense indignado disse...

Tive já oportunidade de ver nesta sala de espectáculos evntos de música, cinema, bailado, variedades e até comicios.

Mas agora confesso que enquanto estiver na presidencia da CML o XL e naquela sala de espectáculos, tiver que me cruzar com pessoas como Miguéis, Directores sem currículo e outros tais, não irei lá entrar, com ou sem barrote, aliás cavaco.

Anónimo disse...

É TRISTE VER O QUANTO VOS DOI...
Este titulo daria uma boa peça de teatro para todos aqueles que aproveitam para vir para aqui criticar o trabalho do Eng. Francisco Lopes. e da equipa que prepara a reabertura do TRC.
Dá uma boa imagem da cidade, o facto de virem pessoas de fora trabalhar neste projecto e antes mesmo de poderem demonstrar seja o que fôr sejam axincalhados da forma em que vocês os inteligentes, os filantropos da cultura (dos treinadores de bancada) Lamecence o fazem...
A todos aqueles que preparam e que têm nas mãos o destino do TRC... os meus votos de sucesso... Se porventura algum de vçs tiver oportunidade de ler estes comentários de gente frustrada... não liguem... eles são o lixo desta cidade... vivem da mentira... dos escárnio... do mal dizer... são de memória curta... são aqueles que vão achar que tudo o que vçs fizerem é lixo... é fruto da dôr que sentem por não serem ninguem...

19 meses eleições disse...

Malta não deitei mas "cavacos" na fogueira, já basta a merda que o eng. fez, como agora vamos deixar a sala as moscas, nem pensar.
Não deixem de ver teatro,cinem,música por causa desta malta...
Vamos todos ao teatro... a Vila Real... claro!.

Anónimo disse...

A culpa de tudo o que está a acontecer no teatro é, em 1ºlugar do Presidente da Câmara. Era ele o presidente da Lamego ConVida. Entregou de mão beijada a condução do processo a duas pessoas completamente impreparadas culturalmente para decidir quem seria o director e o programador.
Quando assim acontece, as escolhas não podem ser boas e estamos a falar de duas pessoas que nem sei se terão ambas a equivalência ao 12º ano de escolaridade. E serão elas que irão dar a imagem da cultura de Lamego.
Os lamecenses nunca vos perdoarão.

FX disse...

Anónimo das 12:55

Diz-me lá quantas vezes foste tu a esse teatro.
Já eras nascido?
Quantas vezes estiveste em alguma actividade cultural desta cidade?

Já agora, não sei se sabes, mas vai pagar para entrar, e eu estou mesmo a ver tu és daqueles que gosta de pagar, certo?

Anónimo disse...

AO ANÓNIMO DAS 12.55.
É BOM SABER QUE A TI JÁ NÃO TE DÓI... TANTAS TÊM SIDO AS ENRRABADELAS DE QUE FOSTE ALVO.

Imperdoável disse...

Perguntem ao Director do Teatro se ele conheçe um tal Eng. Areias do Porto.

Perguntem, ele conheçe...

Anónimo disse...

ESTOU AVER QUE O DIRECTOR DO TEATRO CONHECE OS ENGS TODOS... É QUE EU ANDAVA PREOCUPADO COM O ARTISTA PORQUE ELE NOS MEIOS CULTURAIS É UM PERFEITO DESCONHECIDO.
JÁ AGORA GOSTAVA DE SABER DE ONDE APARECEU O PROGRAMADOR. TENHO UM PALPITE QUE TAMBÉM PRIVARÁ COM ENGS.

Fala disse...

Eu volto a perguntar, será que estes senhores têm o 12º ano de escolaridade? Será?

Algum dos senhores que está neste momento conheçe na integra o concurso de selecção para estes cargos?

Teve oportunidade de ler os seus curriculos académicos e profissionais?

Pois bem é de corar de vergonha.

Muito há para dizer, assim queira o Sr. Fernando Cabral.

Alguém conheçe? Porque está ele tão calado?

Um individuo que sempre lutou por este teatro, fez espectáculos e... foi banido e agora está calado, porque?

Estou convicto que mais tarde ou mais cedo ele vai falar, asim espero.

Anónimo disse...

Lamego continua a dar tiros nos pés, e o teatro veio/vai por ao rubro mais algumas chagas.

Viva Lamego, cidade sem igual...
Primei... cõrt... do rei... de Port...

No teatro nem de borla, quanto mais a pagar.

Anónimo disse...

Corrijo: o sr fernando cabral nunca fez nenhum espectáculo no TRC quem os fazia era o irmão, o Kim juntamente com um núcleo de pessoas bem preparadas culturalmente. Além disso, o fernando cabral também não tem o 12º ano; a ser escolhido seria apenas por ser de lamego em relação às escolhas feitas por aquele pseudo-júri.
Os Lamecenses queriam mais e melhor que o fernando cabral e penso que ele próprio pouco se importaria com isso.
Os lamecenses queriam alguèm bem preparado para estas funções porque somos exigentes... mas estes senhores da câmara e das empresas não o sabem e acham-nos uns parolos...
Deixem-nos pensar que são os maiorais.

Anónimo disse...

o director do teatro nao precisa de curso nem o azeiteiro do primeiro ministro tem curso...ahahah

Anónimo disse...

Costuma-se dizer que "não há fumo sem fogo" e do que tenho lido sobre este processo do teatro estou convicta de que os lamecenses estão desgostosos com as escolhas feitas.
Entendo que para o TRC seria necessário e conveniente pessoas da terra, com formação e imagem credíveis para levar a bom porto uma empreitada destas.
Sei da existência de várias associações culturais que muito prestigiam Lamego e que há longos anos organizam, sem o mínimo de condições, eventos que não nos envergonhariam em qualquer cidade do país.
Por que não reuniram com as associações culturais e outras pessoas ligadas à cultura em vez de porem nas mãos de um Arqto e um economista o poder de decisão? Que sabem eles de cultura? Pelo menos os lamecenses não lhes podem reconhecer tais competências.
Estou certa que dentro das associações culturais e de outras pessoas da cultura de lamego se encontrariam com mais facilidade e maior concordância quem dirigisse o TRC. Quanto à equipa de trabalho ela até poderia ser constituída por pessoas de fora de Lamego uma vez que são escassos os técnicos destas áreas mas o poder de decisão seria dos lamecenses, até porque são eles quem mais sabe das necessidades e expectativas da população.
O que fizeram (oxalá esteja enganada)em nada contribuirá para o êxito que todos queríamos para o Teatro mas acredito que, a todo o tempo, poder-se-á emendar a mão.
Parece-me que os lamecenses estão indignados e tristes e querem de volta o seu teatro.
O melhor mesmo, é devolverem-no. Acreditem.

Anónimo disse...

AO ANÓNIMO DA 1.24

POIS É! POR ISSO É QUE ESTE PAÍS NÃO VAI A LADO NENHUM...
NAS CHEFIAS É TUDO FARINHA DO MESMO SACO.

MAS SE ERA PPRA SER ASSIM PRA QUE FIZERAM O CONCURSO E DEPOIS ESCOLHERAM DUAS PESSOAS QUE IRÃO ESTAR SEMPRE DEBAIXO DE FOGO POR LAMECENSES QUE JÁ DERAM TANTAS PROVAS NA CULTURA?

INFELIZMENTE, NESTES ASPECTOS LAMEGO ESTÁ BEM INSERIDO NO PAÍS QUE SOMOS.

Anónimo disse...

passei por aqui e pelo que li parece-me que vai ser batido o record de participações. Já anteriormente com o tema do Teatro havia acontecido o mesmo. Porque será?
Os larachos estão mesmo chateados. E acho que até têm razão.
Então vão abrir o teatro e não se sabe quem o dirige nem quais são os planos para o futuro?
...deve ser porque os escolhidos são de fora e não lêem este blogue ou então nem escrever sabem, porque, pelos vistos nem o 12º ano têm.
Para mim, Lamego tem o que merece.

Anónimo disse...

Que pena que os meus conterrâneos sejam tão provincianos e regionalistas, tão cegos que já não conseguem ver o que é melhor para eles, ou talvez não, depende do que eles tinham em mente como melhor.
Enfim, muita conversa de ressabiado.
Muitos batráquios ressabiados vão engolir o sapinho irmão, lá vai o sapo da internet desaparecer no meio disto tudo.
Eu vi um sapo. UM grande sapo, Eu vi um lamecense , a engolir um sapo, um grande sapo...

Anónimo disse...

1ª Foi um vergonha o tempo que o PS demorou para arrancar com as obras (recuos, mais recuos, obras, demolições, asneiras)- parabéns ao Francisco Lopes por ter tido a capacidade para acabar com aquela embrulhada toda, apesar de não gostar do caixote que descaracterizou o edifício e a paisagem envolvente!
2º Concordo que em Lamego havia pessoas com provas dadas e capacidade para serem directores do TRC.
3º A escolher alguém de fota, deveria ter sido o Sr. Davida Carvalho (colaborou muito em eventos anteriores, de formas gracios e se serviu para comer os ossos devia servir para comer a carne!)
3º Concordei em terem despachado para Lisboa a importante e peneirosa da Fernanda Carvalho. Não se justificava uma Directora para gerir um teatro em obras, ainda por cima a auferir um ordenado chorudo. Serviu apenas para a empresa do namorado da peneirosa da filha mamar uns milhares com o célebre toldo que envolveu a frontaria do teatro.
4º O Arquitecto é o maior corrupto que passou pela cãmra.
Já pagou a casa que cravou ao Delfim?

Anónimo disse...

Apesar de concordar de muitas coisas aqui ditas, discordo do tom e do palavreado.
As pessoas deviam exprimir as suas ideias duma forma educada e elevada!

Anónimo disse...

Cultura totalidade de padrões aprendidos e desenvolvidos pelo ser humano. A cultura é “o complexo que inclui conhecimento, crenças, arte, morais, leis, costumes e outras aptidões e hábitos adquiridos pelo homem como membro da sociedade”. Portanto corresponde, neste último sentido, às formas de organização de um povo, seus costumes e tradições transmitidas de geração para geração que, a partir de uma vivência e tradição comum, se apresentam como a identidade desse povo - TODOS SOMOS HOMENS DE CULTURA

Anónimo disse...

Acham que é com esta postura que vamos lá?

Sejam construtivos, é por estas e por outras que estamos onde estamos. Com a mania da superioridade, com a convicção, parva, que somos melhores do que ninguém nos encontramos onde estamos: ULTRAPASSADOS POR TUDO E POR TODOS.

Não venham com a lenga lenga de que fomos isto e aquilo, a verdade é que agora não somos mais do que "uma mão cheia" de eternos nostálgicos à espera de uma vida e um protagonismo que à décadas perdemos.

Estamos num ponto em que os nossos filhos depois de sairem nunca mais voltaram por falta de oportunidades.

Apesar de tudo isto apenas sois movidos por uma vaidade parola e saudosista de uma realidade que já não existe e que por culpa destes e dos outros nos encontramos onde estamos - NA RUA DA AMARGURA

Anónimo disse...

Depois de lidas todas as opiniões de inumeros lamecenses que quiseram aproveitar este meio para se expressar relativamente ao Teatro, ficamos com a certeza de que esta casa não vai ter pernas para andar, por diversas razões.
E nem o cometário do anónimo das 12:55 me vai fazer crer no contrário. Este anónimo só pode ser alguém que também está a comer do mesmo tacho que o Xico Lopes e seus lacaios.
Também me recordo bem de alguns espectáculos realizados naquela sala na década de 70 e 80.
E não posso deixar de referir aqui um grupo cénico, existente na altura, com dezenas de espectáculos levados à cena, tendo esgotado a lotação do teatro 3 vezes seguidas com a mesma peça.
Isto nunca se viu em Lamego nem há-de voltar a ver-se.
Teatro amador, feito por lamecenses empenhados, que atraíam a cidade e a região.
Estou a referir-me a um grupo constituido, entre outros por João Ribeiro (piroco)Vitor Pereira, António Lourenço, João de Jesus, Janeca, Tobé e muitos outros.
A coordenação estava a cargo de Adriano Guerra, Meireles, Custódio Barreto e outros.
Ninguém ganhava dinheiro. As receitas eram distribuidas pela Liga contra o Cancro, Sporting Clube de Lamego, Bombeiros Voluntários de Lamego e outros.

QUE DIFERENÇA ENTRE ESSA GENTE E A DE HOJE...

Anónimo disse...

Lá vem o saudosismo de novo... é esta a solução dos nossos problemas?

E agora como se vai fazer? Isto é que importa.

toma nota disse...

Tens razão anónimo da 12:05.
O que é preciso é gastar o dinheiro dos lamecenses, esbanjar, esbanjar..mostrar que se é fino, ao encher os bolsos de pessoas que não são de Lamego, não conhecem Lamego, mas vão abornalar à custa dos lamecenses.
É o caso dos novos responsáveis pelo teatro. E não foi esse também o caso do presidente da Câmara... outro imigrante, outro artista que aqui caíu de para-quedas, para desgraça de todos nós ?
Não somos saudosistas ao lembrar o que já foi aquela sala.
Somos é realistas e gente de bom senso.
Lamego está revoltado com esta gente que o PSD e o CDS locais nos impuseram.
Eles serão responsabilizados por isso.
Quanto ao Teatro, tem o destino marcado.
Nebuloso muito nebuloso.

Anónimo disse...

è incrivel continuar a ler estes comentários... já vi que a inveja, o mal dizer continua a estar presente... tenham vergonha... a cidade precisa de unidade para o sucesso desta obra que deveria orgulhar os Lamecences... pelo menos os verdadeiros... não o lixo e a escória desta cidade...
Um apontamento:
O valor que se pagou ao Quaresma foi exagerado... mas ponderando o facto de que se assim não fosse as obras provavelmente ainda não tinham começado... ah! mais uma questão:
Alguem se lembra quanto é que o Eurico pagou pela casa que demoliu em frente ao registo civil e à Sta. Casa? Ou não convem lembrar?

Anónimo disse...

Não percebo como o IPAR umas vezes é tão rigoroso e outras vezes consente autênticos atentados: Teatro Ribeiro Conceição (estrutura do palco) e Seminário Velho (em frente à Sé)

Anónimo disse...

O anónimo anterior tem toda a razão. E aquele prédio na Praça da Comércio (antoiga Radilectra) reconstruído pelo Sr. José Porto e no qual meteu mais um andar.
Há favores que têm de se pagar!

Anónimo disse...

De vez em quando passo por aqui, para ver os comentários cada vez mais pobres que aqui vêm sendo feitos. Hoje vou parar para dizer algumas coisas.
1 - Quanto aos responsáveis do Teatro, parece, segundo consta que nenhum é de Lamego. Mas teria que ser? Porquê? Os técnicos e profissionais que existem noutras cidades do país, são todos dessas localidades ou são alguns deles são pessoas que nada têm a ver com as mesmas? Não consigo entender a razão de tanto Bairrismo....Apenas se compreendem tais comentários apenas para dizerem mal, não sendo esta critica uma critica construtiva.
2-Quase todos os comentários me parecem de facto muito tendenciosos e politicos, e não são efectuados por pessoas que gostam de Lamego, mas sim por pessoas que têm que dizer mal, apenas por dizer.
3- Não entendo porque é que lamego não havia de ter como noutros tempos a sua sala de espectáculos, será que as pessoas de hoje não têm os mesmos direitos que as de outros tempos, e será que as gentes de Lamego não merecem as mesmas condições que as de Vila Real?
Para finalizar gostaria apenas de dizer, que não digam mal apenas por dizer, porque a sensação com que se fica é a de que " é-se preso por ter cão e preso por não ter", aquilo que interessa é dizer mal, não importa de quê, nem de quem, nem como, importa é dizer, tenham juizo e não sejam inocentes.

Anónimo disse...

Os lamecenses estão atulhados nesta lama de gente incompetente que governa Lamego.

O último interveniente mostra claramente que também não é de Lamego. Também deve ter vindo à bola.

Fiquem pois sabendo que Lamego tem dentro das suas portas, gente competente para governar a sua terra. Não precisamos de forasteiros.

G.R.S.T.H.C.B.V.Q.A.S.B.H.O.P disse...

Quem??!!

Anónimo disse...

Caro Toma Nota:
Gostaria de te ver a falar assim numa Assembleia Municipal, ou és bom demais para Lá ires?

Ao post das 2:01 Se não existisse aquela Torre não terias tido financiamento nenhum. Se reparares todos os teatros recuperados nos ultimos tempos e com apoios do MC têm aquela torre (eu também não gosto mas já vi pior e em Lamego). Bem perto basta ver o Teatro de Aveiro.

Ao post das 2:24, certamente que tu te inclues nessas pessoas, tens é andado distraido senão já terias dado o ar da tua graça.

Se somos assim tão bons (Lamecences) porque será que nos encontramos no ponto em que estamos? Que eu saiba já se vive em democracia à mais de 20 anos.
Podem ter razão em tudo mas esse argumento de Lamego para os Lamecences já mostrou o que dá e para que serve.
Digam antes Lamego para gente competente, honesta e de grande rigor ético. Isso é o que se exige, agora se são de Lamego ou do Colo do Pito é para o lado que durmo melhor.

Anónimo disse...

Ao anónimo anterior

O que ainda não foste capaz de reparar é que os escolhidos não são melhores, nem sei se têm o 12º ano de escolaridade.
Pensei que qualquer lamecense gostasse mais da sua terra...

Anónimo disse...

É uma vergonha para Lamego ter dois artolas à frente do TRC que não aparecem, não dizem nada, não apresentam as suas credenciais... porque nada têm para dar. Vieram pra cá ConVidados para se pagarem uns favorzitos e como são tão brutinhos o poder político pode por e dispor.
Lamego merecia melhor; a cultura fica muito mal tratada uma vez que há lamecenses que poderiam fazer um trabalho muito mais profícuo que estes dois paus-mandados.

Anónimo disse...

TENDE CALMA LARACHOS: OS DOIS DIRECTORES HÃO-DE ENCHER-VOS A MORCA COM CONCERTOS ERUDITOS, ENCHER A BOLSA DELES E NO FIM VÃO-SE EMBORA APREGOAR AOS 7 VENTOS QUE EM LAMEGO SÃO TODOS UNS INCULTOS.
É QUE NO PRINCÍPIO TUDO É FÁCIL MAS QUANDO VIR QUE A MAIOR PARTE DAS VEZES A SALA VAI ESTAR VAZIA, VEREMOS O QUE VAI ACONTECER.

Anónimo disse...

Não sei se são os melhores ou se são os piores o que eu sei é que quem se sentir prejudicado deve recorrer com todos os meios ao seu dispôr para repôr a injustiça de que se sente vitima. Por alguma razão ( apesar de serem lentos ) existem os tribunais.

Não ponham esta discussão ao nivel das emoções, nomeadamente se gosto mais ou menos de Lamego não é esse o caminho.

De uma coisa tenho a certeza não gosta de Lamego quem vem, para estes espaços de discussão, com o nivel dos posts que na maioria são publicados - linda imagem se dá da Terrinha e das suas GENTES

Anónimo disse...

Quando se pede que devolvam o teatro aos lamecenses não é só no sentido de que devia ser dirigido por lamecenses mas, acima de tudo, que o TRC fosse um pólo dinamizador de cultura para lamego e região. Mais importante que abrir uma sala é necessário que se pense em termos de futuro e na criação de associações e grupos que dinamizem e formem públicos novos.
Quando alguns falam de saudosismo estão profundamente enganados, O que se pretende é que o teatro seja um catalisador de bens culturais que implique o maior número de lamecenses.
Abrir uma sala só por abrir, para "dar" cultura aos lamecenses, de pouco importa. É mais do mesmo. Já tínhamos ao Filandorra e as Orquestras do Norte e das Beiras para os quais, anos a fio, demos chorudos subsídios mas que não enriqueceram culturalmente nenhum lamecense. Precisamos é de mais cultura, de fazer mais cultura implicando todos os lamecenses.
E não será certamente com dois estranhos que nada conhecem desta região e que, pelo que sei, não possuem requisitos mínimos para os cargos de direcção do TRC que poderemos fazer com que os lamecenses façam e participem em eventos culturais. Além disso sentir-me-ei envergonhada de cada vez que souber que esses dois moços irão estar a representar a cultura de Lamego em qualquer sítio deste país.
Há mínimos, meus senhores.

Anónimo disse...

FALTAM APENAS 4 DIAS PARA A REABERTURA.
DIGAM DE UMA VEZ POR TODAS QUEM SÃO O DIRECTOR E O PROGRAMADOR DO TRC.
PUBLIQUEM OS SEUS CURRÍCULOS.
TEMOS O DIREITO DE SABER PARA ONDE VAI O NOSSO DINHEIRINHO, OU NÃO?

Anónimo disse...

Ao(s) que aqui vem dizer mal constantemente por terem perdido a câmara: Ide pastar!
O que interessa é que Lamego tem o teatro renovado e bem bonito!!
Apartir de agora a vida de Lamego vai mudar! PARA MELHOR! PARA A INFELICIDADE DE ALGUNS (POUCOS) PSEUDO-LAMECENSES!

Anónimo disse...

Caro Anónimo das 14:15

Concordo com a maioria daquilo que tu dizes, mas afinal se não conhecesses os "dois estranhos" porque esses juizos de valor?
Não seria mais adequado ver (apesar de ainda não se ver nada... tenho que concordar) do que serão capazes e depois falar?

Quando refiro saudosismo é daquele saudosismo que enregela as mentes e que as faz ficar paradas no tempo, que não deixam agir e que não agem. Deves concordar que não é isso que se pretende mas que é disso que esta cidade mais se "alimenta".

Anónimo disse...

Corrijo: conhecesses = conheces

Anónimo disse...

hÁ AQUI ALGUNS QUE NUNCA MAIS APRENDEM QUE OS LAMECENSES ESTÃO-SE BORRIFANDO PARA "PERDEU A CÂMARA, GANHOU A CÂMARA... OS EURICOS, O XICO LOPES..."
FALEM DO QUE INTERESSA. JÁ CHEGA DE SE DIVIDIREM EM PRÓS E CONTRAS.
A HORA É DE SERMOS TODOS PRÓ... PRÓ TEATRO, PRÁS PISCINAS, PRÓ PAVILHÃO MULTIUSOS, ETC.
TUDO O QUE VENHA ENGRANDECER E ENRIQUECER O PATRIMÓNIO DE LAMEGO É SALUTAR.
O QUE AQUI SE TEM CRITICADO É O FACTO DE DEPOIS DAS COISAS FEITAS À NOSSA CUSTA, OS NOSSOS POLÍTICOS A DÊEM DE MÃO BEIJADA A PESSOAS DE FORA COM HABILITAÇÕES E CONHECIMENTOS INFERIORES A UMA GRANDE PARTE DOS LAMECENSES.
ISSO É QUE ESTÁ A INDIGNAR OS LAMECENSES.
FICA AQUI O RECADO PARA ALGUNS: DE UMA VEZ POR TODAS DEIXEM-SE DE POLITIQUICES. PARA ISSO ESTÁ LÁ A MAIORIA DOS ELEMENTOS DO EXECUTIVO CAMARÁRIO E DOS BURLÕES E CLASSE BAIXA QUE OS ACOMPANHA.
PERGUNTEM AOS LAMECENSES ABERTAMENTE SE ELES GOSTARAM QUE AS ESCOLHAS PARA O TEATRO FOSSEM FEITAS COM GENTE DE FORA E COM POUCA PREPARAÇÃO E TODOS ELES, DA ESQUERDA À DIREITA, DOS PARTIDÁRIOS DOS EURICO'S E DOS XICO'S LOPES LHES FARÃO VER QUE ESTE PROCESSO FOI MUITO MAL DESENVOLVIDO.

Anónimo disse...

Reabertura????????????????

• Se reabre um teatro sem sabemos quem é o Director

• Reabrace sem programação

• Sem logótipo

• E sem site oficinal

Que reabertura vai ser estas, vai ser só cortar a fita a comer os salgados….

Isto assim não pode ser

Não!!!!!!!

Anónimo disse...

é incrivel a quantidade de socialistas que aqui criticam tudo que é feito pelo xico lopes tenham vergonha, não sabem perder!!!!
xulos da politica é o que voces são...

Chico do Pinto disse...

O Teatro vai ter algum bar/café??

Se sim, vai ser também inaugurado dia 23?

Se sim, quem vai ser o explorador do espaço?

Anónimo disse...

AO ANÓNIMO DAS 5.57


COMO ANDAS ENGANADO. O TRC ESTÁ PARA OS LAMECENSES MUITO ACIMA DA POLITIQUICE LOCAL E MUITO MAIS ACIMA DE ASNOS QUE, COMO TU, NUNCA MAIS TIRAM AS PALAS.
QUEREM LÁ SABER OS LAMECENSES HONESTOS DOS POLÍTICOS. QUEREMOS É SABER DO NOSSO TEATRO QUE FOI ENTREGUE NÃO SABEMOS A QUEM; SÓ SABEMOS QUE NÃO TÊM CURRÍCULO PARA TAL ENQUANTO QUE EM LAMEGO MUITAS PESSOAS MUITO MAIS CAPZES PARA ASSUMIR OS DESTINOS DO TEATRO.

Anónimo disse...

Vai reabrir o TRC e ninguém sabe de nada. Como é possível os lamecenses estarem tão calados, as associações culturais nada dizerem perante uma reabertura sem que lhes tivesse sido dado conhecimento.
Ah! já percebi! O TRC vai viver apenas de programação "estrangeira". Pois bem, o TRC ainda não reabriu mas com as coisas a continuar assim, brevemente encerrará de novo.
Em Lamego nunca mais se aprende que há boa gente como em qualquer outro lugar do país e que nem sempre é necessário recorrer aos de fora, porque ao nosso lado estão pessoas muito mais capazes do que aquelas a quem o nosso dinheiro vai pagar ao fim de cada mês.
De fora devíamos trazer os melhores e não a ralé, como é o caso.

Anónimo disse...

OUVI DIZER QUE ERA A BANDA DA MAGUEIJEIRA QUE IA ACTUAR NA REABERTURA.
NEM QUERO ACREDITAR, MAS JÁ ESTOU POR TUDO.

BIBA LAMEGO

Anónimo disse...

Anónimo das 5:57.
Se tivesses um pouquinho, só um pouquinho de inteligência havias reparado que não são só os socialistas a criticar.
Há muita gente de outros partidos incluindo sociais democratas e centristas que estão literalmente contra aquilo que se está a passar.
E há ainda muita gente, que não tem partido, como é o meu caso, que vaticina uma morte lenta para esta casa, tal a maneira desastrosa como as coisas já estão a começar.
É que deste executivo ainda não saíu nada direito, porque havia de ser o Teatro.
Sois todos apenas, aprendizes de feiticeiro.
Envergonhai-vos.

Anónimo disse...

O negócio feito com o Quaresma, em que o Xico Lopes lhe manda para as unhas 60.000 contos por uma parcela que valia 10.000, não lembra ao diabo.
É muito bonito esbanjar o dinheiro dos outros.
Estes 60.000 não custaram a ganhar, nem ao Xico, nem ao Pinto, nem ao Amândio, nem à TéTé.
Pelos vistos esta doença é crónica nos PSD,s e nos CDS,s.
O mesmo se passou em Lisboa com o Casino, que foi oferecido de mão beijada, por um governo da coligação de direita
Sinal dos tempos.

Anónimo disse...

Está confirmado:
A Banda de Magueija estará na inauguração do Teatro.
Momento alto que irá, de certo, agradar ao Presidente da Republica.

Haverá comes e bebes à disposição.
Uma boa maneira para atrair os milhares de lamecenses que vão estar presentes.

Só à conta do Amândio estão previstos 3 porcos que serão churrascados no local, assim como uma pipa de vinho tinto.

O córte da fita vai ser efectuado pela TéTé. O Xico Lopes leva a bandeja com a tesoura.

Vai ser enternecedor.

biba Lamego.

Anónimo disse...

O que me continua a irritar é o descaramento do Francisco Lopes em afirmar publicamente que foi ele quem desbloqueou a obra porque era imprescindivel comprar a parcela do Quaresma.

Irrita-me mesmo vê-lo a mentir-nos descaradamente com aquela cara de Angélico!

Esquece que antes de entrar na Camara muita gente viu o processo de candidatura e o deferimento dos financiamentos?

Esquece que há entidades públicas que acompanharam, reuniram e emyiram pareceres e que sabem o que se passou?

Esquece que a parte não comparticipada da obra do Teatro ainda não foi paga ao empreiteiro?

Claro que ele sabe e não se esquece.
Está é convencido que em Lamego são todos burros!

Não somos Sr. Presidente!

E irrita-me também ler a acta da camara e ver que nem o pobre estaleiro da obra o Sr. pagou ao empreiteiro!

Mas teve dinheiro para comprar outro mercedes ....
Mas tem dinheiro para as tainadas ....
Mas tem dinheiro para as champanhadas.....
Mas tem dinheiro para pagar contratar paraquedistas como o Sr. com que está a encher as empresas municipais que nascem como cogumelos ....
Mas tem dinheiro para a sua comandita ter carros novos passear.....
Mas tem dinheiro para ... e para ....

E não tem vergonha?

Lamego é uma terra de gente honesta e digna.

Deixe de nos tratar a todos como atrasados mentais!

Já agora como não dá conta que em Lamego há gente que se irrita com a sua lata, irrite-se comigo também e deixe de cobrar-me mais do dobro da água que bebo ....

Anónimo disse...

Bebes agua da torneira?
Vai á fonte!
Há gajos mesmo burros!

Anónimo disse...

Boa malha, anónimo das 9:14.
Assim é que é falar.

Anónimo disse...

pobre teatro.
pobre lamego.
está tudo entregue a um bando de rascas e até o Presidente se está a envolver até à ponta do nariz.
Sou sincera, esperava mais e melhor deste Presidente.
Está tudo entregue aos de fora e os de cá que paguem tudo.
Desta vez foi demais. A entrega do Teatro a gente sem qualquer preparação escovando lamecenses sem dó nem piedade e não dando "cavaco" a ninguém sobre o que se está a pensar para o futuro daquela casa, acabou com a minha já pouca consideração que tinha por si.
Enfim... tudo isto é tiste, tudo isto e (o nosso) fado.

Anónimo disse...

ó arquitecto... quando a gaja lhe der uma folguinha veja lá se nos diz quem são os artistas que escolheu para o teatro e quanto lhes paga ao fim do mês.

Anónimo disse...

5 milhões de euros gastos...
e para quê? para se arranjar mais uns postoszinhos de trabalho para neia dúzia de merendeiros.
Cadê a gente boa de Lamego?
Corram com esta escumalha toda.
Já é tempo de Lamego tomar conta de si!!!

Anónimo disse...

há mais ou menos 12 anos o Dr Sarmento estava a fazer tudo para entregar o TRC ao David Carvalho. As pessoas de Lamego não deixaram e na altura pensou-se em criar uma comissão formada pelas forças culturais vivas da cidade donde sairia uma comissão executiva para gerir o teatro.
Doze anos depois vem umpresidente que não é de Lamego, não reside cá, nem conhecia Lamego até ter entrado na corrida eleitoral e o que faz? Entrega o Teatro sem dar "cavaco" a ninguém a dois miúdos que também só passaram a conhecer lamego desde que foram chamados para vir tomar conta do TRC.
Mas afinal onde é que estamos? A estrangeirada toda pode quer e manda na nossa terra?
Estão é todos a precisar de uma vassourada.

Anónimo disse...

O PROCESSO DO TRC SÓ REVELOU FALTA DE CONHECIMENTO, DE BOM SENSO E DE CONSIDERAÇÃO PELAS MÚLTIPLAS ASSOCIAÇÕES CULTURAIS QUE TEMOS E QUE VIVEM DE UNS MÍSEROS APOIOS DO MUNICÍPIO. SÃO ELAS QUE TÊM DADO VIDA, FORMAÇÃO E CULTURA AOS LAMECENSES.
A PARTIR DE AGORA O TRC QUE FORME E EDUQUE OS NOSSOS JOVENS... ELES É QUE ESTÃO A RECEBER LAUTOS ORDENADOS.

Anónimo disse...

eles comem tudo, eles comem tudo, eles comem tudo e não deixam nada
eles comem tudo, eles comem tudo
eles comem tudo e a gente é que paga!

Escuridão mundial: No dia 29 de Fevereiro de 2008 das 19:55 às 20:00 horas propõe-se apagar todas as luzes e se possível todos os aparelhos eléctricos, para o nosso planeta poder 'respirar'. disse...

Escuridão mundial: No dia 29 de Fevereiro de 2008 das 19:55 às 20:00 horas propõe-se apagar todas as luzes e se possível todos os aparelhos eléctricos, para o nosso planeta poder 'respirar'.

Se a resposta for massiva, a poupança energética pode ser brutal.
Só 5 minutos, para ver o que acontece.
Sim, estaremos 5 minutos às escuras, podemos acender uma vela e simplesmente ficar a olhar para ela, estaremos a respirar nós e o planeta.
Lembrem-se que a união faz a força e a Internet pode ter muito poder e podemos mesmo fazer algo em grande.
Passa a notícia, se tiveres amigos a viver noutros países envia-lhes e pede-lhes que façam a tradução e adaptem as horas.

anti-socialistas disse...

e então quando ´q que se começa a criticar as piscinas cobertas?? so falta isso oh euricosss

Anónimo disse...

Essas pelo menos parece que vão ficar em mãos lamecences. O TRC é que é um escândalo ser entregue a quem foi e da maneira que foi por aquele arqto. carrancudo e o sorridente das contas... dois tristes.

XPTO disse...

O tema teatro afinal desperta interesse e curiosidade, pena é que não venham mais pessoas partilhar a sua opinião.

O que resalta à vista é que o descontentamento, em volta do teatro, pela arquitectora, processo de selecção, e dinamização, está longe de ser passifico.

Anónimo disse...

SIM SENHOR! LAMEGO NA ROTA DO PROGRESSO. VEJAM SÓ AS COMPARAÇÕES: LAMEGO TEM UM PRESIDENTE QUE VEIO DE FORA (COMO AS GRANDES CIDADES); LAMEGO ENTRA NAS NOTÍCIAS POR CORRUPÇÃO DESPORTIVA (NADA QUE AINDA NÃO SE TIVESSE VISTO EM GONDOMAR, POR EXEMPLO); LAMEGO RECEBE A VISITA DO PRESIDENTE DA REPÚBLICA; PODE MESMO AFIRMAR-SE QUE LAMEGO SE COMPARA COM O PORTO: A TAXA DE IMI É IGUAL, A ÁGUA ATÉ É MAIS CARA AQUI, A CIDADE ESTÁ SEMPRE EM OBRAS E CHEIA DE BURACOS; A POBREZA COMEÇA A ALASTRAR E TAL COMO FEZ RUI RIO AO ENTREGAR O TEATRO MUNICIPAL RIVOLI AO MALUCO DO LA FERIA, DEIXANDO SEM PALCO UMA GRANDE QUANTIDADE DE NOVAS COMPANHIAS, O XICO LOPES ENTREGOU O NOSSO TEATRO A DOIS MORCÕES DO PORTO (QUE ENTRETANTO DEIXARAM DE PODER TRABALHAR NO RIVOLI)E NÃO QUIS SABER DOS LAMECENSES PARA NADA.
GANDA CIDADE, GANDA PRESIDENTE.
ASSIM, SIM.

Eurico Ressabiado disse...

Camaradas ressabiados:

Tenho uma quinta em Lamego e preciso de pessoal para trabalhar. Como vocês camaradas não acham bem que venha gente de fora, proponho que se voluntariem para trabalhar comigo.

Não sei porquê mas quando falam em pessoas de fora que vêm para Lamego "meter ao bolso" lembro-me sempre daquele amigo do Eurico que veio de Vila Pouca de Aguiar meter a mão na massa dos lamecenses. Lembro-me também de outro grande lamecense desempregado trazido pelo Eurico de Santarém...o Noras.

E vêm estes aprendizes de euriquinhos mandar bitaites...tenham juízo.

Vota Francisco Lopes! vão-se habituando...

Anónimo disse...

"Ganda presidente" fez-me lembrar um antigo grupo de rock português MALAPOSTA que por acaso era de Lamego que cantava assim:
Viv'ó senhor presidente, viva, viva!

Lamego, quem tu eras e como te estão a destruir...

Anónimo disse...

és mesmo postal! Essa parte do destruir não será das obras???

Anónimo disse...

pró eurico ressabiado

Ó pobreza de espírito, está-se a discutir o teatro ribeiro conceição. Conheces, por acaso? Ou não passas de mais um campónio como os restantes que conduziram o processo de algo sem nunca terem tido o privilégio de estar naquela sala?
Vai lá prá tua quintinha fazer o que sabes. E já agora podes levar os PS's, os PSD's e os outros todos e aproveita-os para estrumar as batatas. Vais ver como aumentas a produção.
Falar do TRC não é para agricultores. Para isso já tivemos o Júri e os elementos escolhidos. Não te metas nisto... deixa lá.

Anónimo disse...

PORRA! O FERNANDO CABRAL FICOU MESMO CHATEADO COM O CONCURSO. DEIXA LÁ, SE TIVESSES SIDO O ESCOLHIDO, PELAS TUAS HABILITAÇÕES E FALTA DE ORGANIZAÇÃO PESSOAL E MENTAL, A ESTA HORA ESTAVAS A LEVAR TANTAS COMO AQUELES DOIS QUE FORAM OS ESCOLHIDOS.
DO QUE TE LIVRASTE---

Anónimo disse...

Há tanta gente em Lamego que pisou aquele palco do TRC que dá uma imensa tristeza sabê-lo entregue a quem nada deu a Lamego e possui currículos que pouco mais dava do que para ser operador de caixa do Leclerc.
Acreditem que não é saudosismo mas entrei em vários espectáculos organizados por lamecenses que esgotavam a bilheteira. Será que alguma vez mais isso irá acontecer?

Anónimo disse...

Quem conhece os pergaminhos daquela casa sabe que ela nunca poderá ser bem gerida por dois meninos e, ainda por cima, sem conhecer Lamego. O tempo encarregar-se-á de o demonstrar, infelizmente para os lamecenses.
É inacreditável que não tivesse havido uma cuidada preparação para a gestão daquela infraestrutura tão cara aos lamecenses. Será que a Cãmara e aquela empresa não têm sensibilidade para tratar destes assuntos? Acham que é o mesmo que gerir betão armado e pavilhões desportivos? Não há ninguém em Lamego que os saiba por no seu devido lugar. Enfim, mas o presidente é o 1º responsável.
Tenho pena das novas gerações que nunca tiveram oportunidade de assistir a um espectáculo numa sala condigna e com esses artistas de fora na gestão do teatro, não vejo que algum dia possam ter a oportunidade de pisar aquele palco.
É pena, tanto dinheiro nosso gasto e ninguém de lamego vai aproveitar nada.

Anónimo disse...

A tão poucos dias da reabertura e sem nos dizerem ao certo quem vai estar em palco... é porque deve ser um grande espectáculo, quiçá internacional.
Meninos directores: a primeira prova de fogo vai ser já no próximo sábado. SURPREENDAM-NOS OU CUIDEM-SE.

Anónimo disse...

E a agenda cultural para o mês de março? Brutal, não acham?... Ah! Ainda não a viram, pois... o senhor arquitecto é que sabe...pois, de cultura é só ele que percebe nesta cidade. Claro! Evidentemente.
Mas digam lá depressa porque estamos mortinhos por ver os grandes espectáculos que estão para vir e já agora o preço dos bilhetes.(por favor, não os ponham ao preço da água, tá bem?)

Anónimo disse...

Os lamecenses têm razões de sobra para se sentirem muito orgulhosos. Em breve a cidade irá dispor de “o mais belo Teatro da província” – a frase não é nossa.
Lamego está de parabéns.
Anda por aí muita dor mal disfarçada, mas compreende-se, é demasiado assombroso.
Lembrei-me de José Mourinho, no tempo em que treinava o Porto. Um dia de treino, deliciado perante a magia que Deco espalhava pelo relvado, ironizou: “devia ser proibido jogar o Deco”.
Apetece-me parafrasear José Mourinho: devia ser proibido fazerem um Teatro assim em Lamego…
A reabertura do Teatro Ribeiro Conceição é sem dúvida o acontecimento mais importante que se regista em Lamego desde o dia 2 de Fevereiro de 1929, ou seja, desde o dia em que o magnífico Teatro abriu pela primeira vez as suas portas, graças ao investimento daquele notável Comendador que quis dotar a cidade de Lamego de um Teatro no género dos que ele via mas grandes cidades por onde passou.
Regozijamo-nos.

Anónimo disse...

uma coisa que tenho reparado ao fim de algum tempo como visitante deste blogue é que o nivel da ortografia e da semântica tem vindo a melhorar de forma bastante notória nos comentários dos bloguistas.
Apesar de tudo estes blogues têm esse efeito mágico que é o de melhorara a cultura dos que nele intervêm.
Parabens ao blogue, que mais não seja conseguiu tornar os lamecences mais cultos no que respeita à lingua de camões.

Anónimo disse...

Dia da Inauguração: Orquestra das Beiras. É ESTE O ESPECTÁCULO.

Já que como é dito os Lamecences estão descontentes com o TRC sugeria uma Manifestação de Desagrado para o DIA DA ABERTURA????

Anónimo disse...

Se o prof Cavaco e Silva, passoa com sentido de estado, integra e anti corrupção, conhece-se o corriculum, as certidões de dividas ao fisco e o registo criminal de que o vai receber, nem cá punha os pes.

Anónimo disse...

Uma manifestação de desagrado no dia de abertura!?!
heheh, vocês dão-me uma vontade de rir!!!
Ao ridículo que se chega por causa da politica!!!

Quer dizer depois de anos fechado a apodrecer faz-se amo boa obra e ela reabre e vamos fazer uma manifestação!!! Essa é de rir!!

E uma manifestação de desagrado por 16 em que nada se fez nesta terra não era melhor ideia!?


Criticar tudo bem, mas com um mínimo de inteligência e coerência...

Anónimo disse...

O POVO É SERENO...

SERIA UMA ESTUPIDEZ (E OS LAMECENSES NÃO SÃO ESTÚPIDOS)E NÃO HÁ NADA QUE JUSTIFIQUE UMA MANIFESTAÇÃO QUANDO O TRC FOR ABERTO.
OS LAMECENSES NÃO TÊM NADA CONTRA EM RELAÇÃO A ISSO E FOI ESTE EXECUTIVO QUE TERMINOU AS OBRAS É ESTE EXECUTIVO QUE O DEVE ABRIR.
TUDO O QUE ESTÁ PARA TRÁS AGORA NÃO INTERESSA.
O QUE IMPORTA É O PRÓXIMO FUTURO DAQUELE CENTRO CULTURAL E É O FUTURO QUE HOJE NOS PREOCUPA, É O FUTURO QUE ESTÁ COMPROMETIDO PELA BURRICE FEITA POR PESSOAS IMPREPARADAS.
OS LAMECENSES NÃO PODEM CONCORDAR COM AS PESSOAS QUE SELECCIONARAM OS RESPONSÁVEIS PELO TRC.
FORAM INCOMPETENTES OS QUE SELECCIONARAM E SÃO INCOMPETENTES (NO SENTIDO DE QUE NÃO TÊM HABILITAÇÕES MÍNIMAS EXIGÍVEIS PARA OS CARGOS QUE OCUPAM)OS QUE FORAM SELECCIONADOS.

MANIFESTAÇÃO SIM MAS EM RELAÇÃO À FORMA COMO A CÂMARA E A LAMEGO CONVIDA TRATARAM OS LAMECENSES EM GERAL, CONSIDERANDO QUE EM LAMEGO NÃO HAVIA NINGUÉM COM CAPACIDADE PARA DIRIGIR O TRC. ISSO É QUE É UM INSULTO PARA TODOS NÓS E ESSA GENTE QUE NOS INSULTOU É GENTE QUE NÃO TEM PROVAS DADAS NA ÁREA CULTURAL E TODOS SABEMOS ISSO.
VESTIRAM UM FATO QUE NÃO ERA DELES E TEMOS PENA QUE O TRC NÃO SE DESENVOLVA COMO TODOS QUERÍAMOS PARA BEM DE TODOS OS LAMECENSES.

NO DIA DA REABERTURA ESTAREI FELIZ POR O TRC REABRIR AS PORTAS E PROFUNDAMENTE TRISTE POR NOS TER SIDO ROUBADO.

Anónimo disse...

Já toda a gente reparou que o Fernando Cabral e o Betinho estão completamente despassarados por não terem sido escolhidos para a direcção do Teatro.
A esmagadora maioria dos comentários aqui produzidos são de sua autoria.
Eles não perdoam ao presidente da Câmara e à TéTé, o terem levado com os pés.
Eu também estou revoltado mas não por esse motivo.
A minha revolta tem a ver com a canalha que se quer apropriar da obra, quando ela se deve inteirinha aos ex-presidentes, Rui Valadares e José António.
Esses sim, é que merecem todas as homenagens dos verdadeiros lamecenses.

Anónimo disse...

ganda espectáculo para a reabertura: orquestra das beiras, coisa nunca vista em lamego.

pelo começo podemos avaliar o que vem a seguir: orquestra do norte, filandorra, orquestra do norte, filandorra, orquestra das beiras, orquestra do norte, filandorra, orquestra bas beiras...

nem para a reabertura conseguiram "encher o olho". mais do mesmo. que pobreza!!!

Anónimo disse...

É BEM FEITO.
PORQUE NÃO DISSERAM AOS DOIS MOÇITOS QUE LAMEGO JÁ VOMITA FILANDORRA, ORQUESTRA DO NORTE E ORQUESTRA DAS BEIRAS?
É QUE ELES NÃO SABEM, ELES NÃO SÃO DE CÁ E JULGAM QUE JÁ ESTÃO A FAZER UM FIGURÃO.
MAS A CULPA NÃO É DELES...

MP3 disse...

Evidente que se trata de uma obra importante e de uma reconstrução fundamental. Por mim passava bem sem o teatro... sem esta hostentação que daqui a um ano não terá retorno... quem vai pagar tudo isto?? Preferia a maternidade, as urgencias, as escolas, preferia politicos a sério...
mas pronto, boa cultura para espero todos...
Agora não se esqueçam de por o teatro ao serviço das elites... dos meninos bonitos do clube!!
Parem de falar no Cabral e no Manel e no Beto...
O único lamecense capaz de gerir esse teatro, o único com fundamentos culturais seria o DR Sarmento...
O resto, em lamego é zero.
Assim vem alguem de fora e pronto... está resolvido!

Anónimo disse...

Não sabem os directores do TRC nem sabe a Tété, nem o migueis, nem o paulinho das contas, nem o Xico lopes. Ninguém é de cá e nas suas santas terrinhas nunca viram a Orquestra das Beiras. A maior parte deles vai ver uma orquestra ao vivo pela primeira vez nas suas vidas. E vão ficar felicíssimos, eu sei.
Experimentem deixar o mesmo espectáculo para domingo, cobrem bilhetes e depois vão ver o que acontece ao teatro logo no dia a seguir á reabertura... vai ficar às moscas, infelizmente.
Experimentem.

Anónimo disse...

Não é só a Orquestra das Beiras.
Haverá também um bailado executado pela TéTé, em bicos de pés.
Não faltem.

Anónimo disse...

MAS LAMEGO MERECE MELHOR QUE A ORQUESTRA DAS BEIRAS ?

PODIAM TAMBÉM TRAZER O ZÉ CABRA.

OU AS CONCERTINAS DO ROXO.

OU O RANCHO DO LAURINDO.

OU OS SARAIVINHAS DA PONTE.

Anónimo disse...

Alguns intervenientes neste blog dão cada pontapé na gramática que até mete dó.Há um aqui que escreve "hostentação", com H! Estou a perceber deve vir de hóstia.
Outros escrevem palavras onde os acentos, pura e simplesmente, desapareceram. Devem ser influências das revisões ortográficas entre Portugal e Brasil!
Outros,numa tentativa de impor ares de entendidos na língua de Victor Hugo,até escrevem "J,aime", quando quereria escrever Jamais. Chamar-se-á ele Jaime?
Tudo isto é teatro cómico, meus senhores. E do bom.

Anónimo disse...

Ó Senhor Doutor anónimo das 1:38.
Em nome de todos os que escrevem neste blog, venho encarecidamente pedir muitas desculpas a Vossa Excelência, Sr. Doutor da MERDA,
pelos erros.

Luminis disse...

Afinal não fosse as pessoas que não são de lamego a fazer evoluir esta cidade, como estavamos? A viver de rendimentos minimos e a ver o desenvolvimento passar?!...
Deixem lá o homem provar aquilo que vale, porque os que lá estiveram não deixaram obra nenhuma, excepto o Aterro.
Nem o Dr. Fernando do Amaral, o Jogador Alvaro Magalhães, e o Belchior Moreira, e fico por aqui, que tiveram os meios fizeram qualquer coisa pela cidade, que moral têm vocês para cuspir ódios e invejas.
Não sou de Lamego e como tal vivendo cá mereço ser tratado de igual modo. Ao menos não vivo de rendimentos minimos, nem se subsidios.
Não fossem as pessoa de fora e voces vivem atolados na miséria porque não há projectos nem iniciativa.

Anónimo disse...

Sim senhor!
Mas que belo blog Lamego aqui tem... Deveria era chamar-se o Coro dos Desqualificados!
O Teatro Ribeiro Conceição vai ser uma Sala de Espectáculos, não o Salão de Festas da Junta de Freguesia de Cambres. Ou pensam que qualquer um tem qualidade para fazer Programação, Direcção de Cena, Luz & Som, Serviço Educativo, Projecção Audiovisual, Comunicação & Imagem (... avaliar pelo belo outdoor que está na A24, devem mesmo pensar)???
A equipa técnica do Teatro Ribeiro Conceição foi escolhida por concurso público em função da sua qualidade, não em função de ser filho deste ou conhecido daquele.
E não é para fazer Bailaricos, Arraiais Minhotos ou Concursos de Vestidos de Chita que a dita equipa está a trabalhar há tanto tempo, mas sim para trazer a Lamego os melhores compositores e músicos, dançarinos e coreógrafos, actores e encenadores, etc, etc, etc...
Assim sendo, meu caros... deixo-vos aqui o convite. Deixem aqui blog das lamentações descansar e venham ao Teatro Ribeiro Conceição apreciar tudo o que de melhor se faz no mundo das artes.
Já agora aproveitem para aprender alguma coisinha e abrir esses horizontes para lá da reles novela televisiva!!!

Anónimo disse...

Atenção, os comentários insultuosos e descabidos que aqui aparecem não reflectem as pessoas de Lamego!

Quem aqui vem dizer mal de tudo são 2 ou 3 Talibans que só o faz em primeiro porque não tem personalidade nenhuma e depois por causa da politica! Mais nada! Isto é a pura verdade!

Em Lamego há muita gente competente, mas se calhar não vem á para aqui dizer mal dos outros!

Aliás, de fora veio a pessoa que quando esteve à frente da câmara durante 8 anos mais atrasou a cidade!! e no passado quem mais fez por Lamego era de Lamego!!

Anónimo disse...

Não vale a pena carpir sobre o passado. O que interessa é o futuro.
Falando em futuro, depois do Cavaco cortar a fita, qual o programa para o resto do ano?

Anónimo disse...

Essa dos talibans realmente está bem para aqueles que vem para aqui todos os dias dizer mal da cidade...
Boa!

Anónimo disse...

Porquê que falam tanto do Sr. Director do Teatro e do seu Adjunto, se ainda nem o TRC abriu para eles poderem demonstrar o que valem!...
Será que quem critica queria o lugar para si ou para um dos seus?!...
Deixem os homens trabalhar e depois critiquem, para o bem ou para o mal, mas se forem honestos como Lamecenses, criticaram o que está Mal, apresentaram alternativas e reconhecem o que de bem for feito!...
Já agora abram um espaço de discussão e sugestão para a programação e depois veremos as vossas propostas, até podem ser interessantes e terem cabimento orçamental!...
Esta mensagem, não foi escrita pelos ditos directore e adjunto, muito menos a pedido deles ou com conhecimento deles, foi lavrada, por alguém que tem conhecimento dos mesmos e das suas capacidades, contudo, não poderemos descurar que se não lhe forem dadas oportunidades e meios técnicos e financeiros, "A MONTANHA VAI PARIR UM RATO"... Tenho dito.

Anónimo disse...

estejam atentos ao anónimo das 2.32

eles já estão em lamego para nos dar cultura porque nós, por cá, somos uns burrinhos...
é o que dá quando lamego se sujeita a personalidades vindas de fora.

A esse anónimo deixo-lhe apenas uma questão. Se os ditos directores já estão a trabalhar há muito tempo para nos trazerem bons compositores, etc, etc, porque é que só na 6ª feira à tarde é que conseguiram arranjar "à pressa" a orquestra das Beiras?
Se são assim tão dotados, os novos directores deviam ter uma agenda pejada de contactos nacionais e internacionais. Mas, no fim de contas o que é que se viu? Vem a orquestra das beiras, aquela que regularmente vem a lamego na última década.
É isto que valem?
Vão chamar parolos a outros...

Anónimo disse...

Santa ignorância ...
A orquesta da Câmara de Tarouca, tambêm vai estar presente.
Ficam a saber que o maestro da orquesta, é BISPO jeóvá.

disforme disse...

Os parolinhos de Lamecus querem é o La Féria! Só quero ver quando esse outro paroleco aparecer no TRC quem é que vai dar 50 euros para ir ver uma cambada de esganiçados a cantar coisas que nada nos ensinam!!!
Alinho com o que foi dito acima.
Venham de lá essas sugestões para a programação... ainda queria ver as brilhantes ideias e a ginástica orçamental milagrosa do Coro dos Desqualificados!!!
Enfim, lá diz o ditado: A IGNORÂNCIA É ATREVIDA!

Anónimo disse...

Ó anónimo das 4.17

Então os senhores do teatro estão que lhes digamos qual deve ser a programação?
E se houver dinheirinho à descrição eles farão uma boa programação?
Sim, senhor...

Pergunto: Para que queremos então dois iluminados do porto para tomar conta do nosso teatro?
Assim até o Giló seria um óptimo director e programador.
Vai-te catar. Se és do círculo de amigos desses dois artistas diz-lhes mas é que trabalhem, que contactem com os grupos e associações culturais locais e regionais e exijamos para o nosso TRC uma programação que não nos envergonhe. Até agora já tiveram tempo de fazer mais e melhor. E ainda nem sequer se deram ao conhecimento dos lamecenses.
Que trabalhem. É para isso que lhes pago.

Anónimo disse...

Ó das 4.17
Quem tem que abrir espaço à discussão e sugestões para a programação são os 2 mocitos do teatro mas até agora nada.
Ninguém sabe quem são, apenas sabemos que não têm qualificações para os cargos que ocupam.
Digam aesses moçoilos que cresçam e apareçam... se tiverem coragem.
Estamos fartos de falsos "salvadores da pátria" que mais não fazem que gastar e abonar-se com o dinheiro dos outros. Merendeiros!

Anónimo disse...

OS MOCINHOS NÃO TÊM CULPA.
QUEM TEM CULPA É O ARQUITECTO, O DAS CONTAS, A TÉTÉ E O PRESIDENTE. ESSES BURROS (INCULTOS) É QUE ENTREGARAM O NOSSO TEATRO PORQUE NÃO SABEM O QUE REPRESENTA PARA A GRANDE MAIORIA DOS LAMECENSES.

XPTO disse...

Ouvi dizer hoje que o Cabral e o presidente XL, vá não são assim tão amigos-
Motivo: Teatro

Não acredito que ele não estivesse interessado em ser director do teatro...

XPTO disse...

Como lamecense registo com agrado o número de comentários aqui apresentados, seria bom que mais pessoas aqui viessem trazer a sua opinião- mas sem comentários que em nada são importantes para apurar e traduzir o sentimento dos lamecenses.

Malta, avissem os amigos e força.

Anónimo disse...

HÁ UM MISTO DE ALEGRIA E DE DESILUSÃO COM A REABERTURA DO TRC.
ALEGRIA, PORQUE AO FIM DE TANTAS PRESIDÊNCIAS (DESDE AGOSTINHO RIBEIRO A FRANCISCO LOPES)FINALMENTE ESTA SALA ÍNDÍSSIMA VAI ABRIR AS PORTAS; DESILUSÃO PORQUE OS LAMECENSES TÊM MUITA LIGAÇÃO AO TRC E VEREM-NO ENTREGUE A PESSOAS QUE NADA TÊM COM O SEU PASSADO E AINDA POR CIMA SEM CURRÍCULO PARA TAL.
A VER VAMOS O QUE VAI DAR MAS A AVALIAR PELO QUE JÁ DEVIA ESTAR FEITO A 3 DIAS DA REABERTURA, OS SINAIS SÃO MUITO NEGATIVOS E A ESCOLHA DA FILARMONIA DAS BEIRAS SOA A ECOS DE CONTINUIDADE DO QUE TEM SIDO A ACTIVIDADE CULTURAL NESTA TERRA DESDE QUE O TRC FECHOU.
TENHO PENA, IMENSA PENA QUE ESTE EXECUTIVO E A EMPRESA NÃO TENHAM TINHAM CONHECIMENTO, DISCERNIMENTO E SENSIBILIDADE PARA DEVOLVER O TRC AOS LAMECENSES.
É PRECISO FAZER ENTENDER A MEIA DÚZIA DE GOVERNANTES QUE ELES NÃO SABEM TUDO E, DE UMA FORMA DIRECTA, FAZÊ-LOS PERCEBER QUE ERRARAM E DESILUDIRAM OS LAMECENSES.
É PENA

Anónimo disse...

Sabem porque é que vem a orquestra das Beiras? Eu explico: o Xico Lopes é transmontano, os srs directores são dao douro litoral, o sorridente das contas é de viseu mas nunca viu uma orquestra, a tété nem sabe o que é uma orquestra, o arquitecto carrancudo é um "músico" com gostos muito especiais que não passam pela música clássica.
Tudo junto, nenhum conhecia a Orquestra das Beiras e acharam que ía ser o máximo trazê-la a Lamego para que os lamecenses a conhecessem.
Parolos

Anónimo disse...

Afinal que grupos culturais locais são esses de que falam?

Anónimo disse...

A PERGUNTA TRAZ ÁGUA NO BICO.
ESTEJAM ATENTOS QUE HÁ POR AÍ MUITO BONS GRUPOS E ASSOCIAÇÕES CULTURAIS.
LAMEGO NÃO É A PARVÓNIA QUE VÓS JULGAIS.
INSVESTIGUEM

Anónimo disse...

O tema parece ter agradado. É pena é que quem de direito devia dar algumas respostas fecha-se em copas pensando que com o tempo a indignação dos lamecenses se esvai.
Desenganem-se, o facto do TRC reabrir no próximo sábado ainda vai agudizar mais as críticas que têm sido feitas.
E, pior do que isso, os lamecenses nunca irão perdoar tamanha desfeita. Dar aquilo que lhes pertence por direito para pagarem uns favorzitos quaisquer a qualquer engenheiro do porto.
Lamego estará atento e os responsáveis terão que falar mais cedo ou mais tarde e justificar pelas paupérrimas escolhas tomadas.

Anónimo disse...

MESMO ANTES DE SE INICIAR O CONCURSO JÁ TODA A GENTE SABIA QUE VIRIA ALGUÉM DO PORTO TOMAR CONTA DO TEATRO. O CONCURSO FOI SÓ PRA ENGANAR.

Anónimo disse...

ignorância...mente fechada...eis as caracteristicas dos anónimos anteriores

Anónimo disse...

É, têm toda a razão, os moçoilos são de fora, vieram para cá auferirem ordenados chorudos e não percebem nada disto, verdade seja dita é difícil perceber os lamecenses, não é que as peças de artesanato em barro que saem de Lamego são feitas por um lamecense. Ah, é verdade enganei-me, desculpem o erro e que me desculpe o senhor que não é de cá mas assina as suas peças como se fosse de Lamego.
Creio que o que se vai passar no TRC será a mesma coisa, os senhores não são de cá, mas estão cá para dinamizarem Lamego e não as terrinhas de onde vieram.
Ok, devo estar errado outra vez, nada do que eu escrevi deve ser verdade...
Vale a pena pensar nisto, já dizia um grande senhor da comunicação deste país.

Hugo disse...

- Encontrei esta notícia no sapo-notícias locais. Espero que possa elucidar algumas pessoas que por aqui passam...


"Scala" do Douro reabre portas depois de 20 anos de abandono

Espaço interior lembra o Scala de Milão, pelos materiais e pelos jogos de cores e de luzesFachada principal do edifício foi mantida ao longo do tempo tal como construída em 1727Entrada principal combina uma nova sobriedade do espaço com a arte requintada do início do século passado patente no tecto.Zonas administrativa e de serviço transpiram modernidade e funcionalidade, num espaço já reconstruído na década de 1920Sala de inspiração italiana inclui três pisos e vários camarotes com vista privilegiada sobre o palco, com lotação para 420 pessoas


Ermelinda Osório, Adelino Meireles

O Teatro Ribeiro da Conceição, em Lamego reabre as portas ao público no próximo sábado, dia 23 de Fevereiro, pelas 17.30 horas, com a presença do presidente da República, Aníbal Cavaco Silva. Aquele que para muitos é considerado uma réplica do Scala de Milão, em Itália, sofreu obras de restauro no valor de cerca de cinco milhões de euros e vai disponibilizar 420 lugares sentados no seu "salão nobre", depois de ter estado encerrado durante mais de 20 anos (desde 1987).

A programação e a gestão do equipamento vão estar a cargo da empresa municipal Lamego Convida, que no primeiro dia oferecerá um espectáculo de teatro de rua, com o grupo internacional Cargotopia, bailado, pela Escola de Bailado de Lamego e Régua, um concerto pela Banda de Música de Cambres e um outro pela Orquestra das Beiras, entre variadas actividades. A programação de Março, que ainda não foi divulgada, vai incluir Teatro, Cinema e Jazz, num espaço com condições "ideais também para espectáculos de música sinfónica de câmara e solistas, audiovisuais e multimédia", disse uma fonte contactada pelo JN.

Classificado como imóvel de interesse público desde 31 de Dezembro de 1997, o Teatro Ribeiro da Conceição é um edifício setecentista, erguido hospital da Santa Casa da Misericórdia local. Em 1892, mais de um século depois, é inaugurado o novo hospital no cimo de Alvoroçães, e quatro anos mais tarde foi ali instalado o Quartel do Regimento (que tinha sofrido um incêndio). Em 1987, também o antigo hospital ardeu, ficando totalmente em escombros até 1924, quando foi adquirido por José Ribeiro da Conceição, um lamecense, de Ferreiros de Avões, que emigrara para o Brasil, com apenas dez anos e que fez fortuna no sector dos transportes. Pelo palco passaram todos os grandes nomes do teatro e do cinema português durante todo o século XX. Em 1931, foi ali projectado o primeiro filme sonoro na cidade, "Paramount em gala".

O Teatro Ribeiro da Conceição situa-se na avenida mais nobre da cidade, mesmo ao lado do Museu de Lamego e da Sé Catedral. As obras foram comparticipadas pelo Ministério da Cultura em 2,3 milhões. Está equipado com a mais recente tecnologia em matéria de som e audiovisuais. A direcção do equipamento está a cargo de Eduardo Costa.

Jornal de Notícias

Terça-feira, 19 de Fevereiro de 2008

- Só por curiosidade, constou-me que o Teatro só irá abrir definitivamente em Março. Não sei se será verdade, não tive possibilidade de confirmar. Mas pela forma como as coisas decorrem, parece-me razoável que assim seja.

- Relativamente à torre (se assim lhe posso chamar) encostada ao teatro, posso dizer que tenho acompanhado a reconstrução de muitos teatros, nomeadamente a do Teatro Circo em Braga, e muitos deles tiveram que levar aquela torre. Existem apenas duas alternativas em edifícios antigos:

1- Construir toda a estrutura acima do solo;

2- Aprofundar (até onde seja possível) e construir o resto em altura.Pelo que sei, a área foi aprofundada, mas como possam imaginar, mais não seria possível. Não sou engenheiro, muito menos arquitecto, mas parece-me que seria impossível construir toda aquela estrutura (e lembrem-se que apenas vemos parte dela e não o todo, visto que parte está no alojada no subsolo) de outra forma.

Apenas na construção de raiz de um teatro, é possível fazer a estrutura de uma forma globalmente enquadrada na silhueta.

A silhueta do edifício sofreu com tal estrutura. Creio que é inegável. Contudo, um sofrimento necessário! A haver mais alguns milhares, talvez ficasse mais "bonito" outro tipo de cobertura e isolamento. Pormenores!!!

- Por último, gostaria (reparem no tempo verbal...)de pedir aos utilizadores deste blogue um pouco de contenção. Vir para aqui, dizer mal de tudo e de todos, de forma quase asquerosa, é de todo uma má utilização da liberdade e dos princípios democráticos. Lembrem-se que a nossa liberdade acaba onde começa a dos outros.

Comentem, discutam, critiquem, opinem, mas de uma forma fundamentada e construtiva. Tentem...

Hugo disse...

Lamego merece este espaço.
Com pessoas de Lamego ou não, é irrelevante! O importante é as pessoas serem profissionais e mostrarem trabalho. Temos que dar tempo ao tempo. Deixem os homens trabalhar. Eles que mostrem o que valem! Só depois poderemos criticar.

Força Lamego!

Anónimo disse...

E quando começam a trabalhar?
Já estamos na segunda metade de Fevereiro e a agenda para o mês de Março (pelo menos) ainda não está pronta?

Eu também acho que devem começar a trabalhar e já! É para isso que cá estão. É para isso que lhes pago.

Anónimo disse...

Quero propor uma mudança de nome neste blogue e espero merecer a melhor atenção do respectivo administrador:
Que tal "Frustrados de Lamego" ou "Muro das Lamentações e Frustações de Lamego"

disforme disse...

Este Coro dos Desqualificados está cada vez melhor!!!
Isto ainda vai dar um belo argumento para uma revista do La Féria!!!
Piadas baratas, disparates e brejeirices não lhe faltam. Tudo o que normalmente esse senhor usa nos seus espectáculos!
Continuem senhores, continuem... Ainda um dia irão ser todos famosos como os autores do guião da próxima revista do senhor Da Feira - O CORO DOS DESQUALIFICADOS.