terça-feira, fevereiro 19, 2008

"SCALA DO DOURO" REABRE DEPOIS DE 20 ANOS DE ABANDONO

O Teatro Ribeiro da Conceição, em Lamego reabre as portas ao público no próximo sábado, dia 23 de Fevereiro, pelas 17.30 horas, com a presença do presidente da República, Aníbal Cavaco Silva. Aquele que para muitos é considerado uma réplica do Scala de Milão, em Itália, sofreu obras de restauro no valor de cerca de cinco milhões de euros e vai disponibilizar 420 lugares sentados no seu "salão nobre", depois de ter estado encerrado durante mais de 20 anos (desde 1987).


A programação e a gestão do equipamento vão estar a cargo da empresa municipal Lamego Convida, que no primeiro dia oferecerá um espectáculo de teatro de rua, com o grupo internacional Cargotopia, bailado, pela Escola de Bailado de Lamego e Régua, um concerto pela Banda de Música de Cambres e um outro pela Orquestra das Beiras, entre variadas actividades. A programação de Março, que ainda não foi divulgada, vai incluir Teatro, Cinema e Jazz, num espaço com condições "ideais também para espectáculos de música sinfónica de câmara e solistas, audiovisuais e multimédia", disse uma fonte contactada pelo JN.

Classificado como imóvel de interesse público desde 31 de Dezembro de 1997, o Teatro Ribeiro da Conceição é um edifício setecentista, erguido hospital da Santa Casa da Misericórdia local. Em 1892, mais de um século depois, é inaugurado o novo hospital no cimo de Alvoroçães, e quatro anos mais tarde foi ali instalado o Quartel do Regimento (que tinha sofrido um incêndio). Em 1987, também o antigo hospital ardeu, ficando totalmente em escombros até 1924, quando foi adquirido por José Ribeiro da Conceição, um lamecense, de Ferreiros de Avões, que emigrara para o Brasil, com apenas dez anos e que fez fortuna no sector dos transportes. Pelo palco passaram todos os grandes nomes do teatro e do cinema português durante todo o século XX. Em 1931, foi ali projectado o primeiro filme sonoro na cidade, "Paramount em gala".



O Teatro Ribeiro da Conceição situa-se na avenida mais nobre da cidade, mesmo ao lado do Museu de Lamego e da Sé Catedral. As obras foram comparticipadas pelo Ministério da Cultura em 2,3 milhões. Está equipado com a mais recente tecnologia em matéria de som e audiovisuais. A direcção do equipamento está a cargo de Eduardo Costa. FONTE: Jornal de Notícias

55 comentários:

Anónimo disse...

NO POST ANTERIOR HOUVE QUEIXAS DE QUE ERA PRECISO DEIXAR TRABALHAR OS SRS DIRECTORES (MESMO SEM QUE SAIBAMOS QUEM SÃO); HOUVE QUEIXAS RELACIONADAS COM SAUDOSISMOS E O QUE ERA IMPORTANTE ERA PENSAR PARA O FUTURO.
POIS BEM, ESTE POST É A REPRODUÇÃO DE UMA PÁGINA DE UM JORNAL NACIONAL E A QUE SE REFERE?
REFERE-SE EM MEIA DÚZIA DE LINHAS A UM PROGRAMA DIFUSO PARA A REABERTURA, SEM HORAS NEM LOCAIS ONDE IRÃO DECORRER AS ACTIVIDADES MENCIONADAS - QUE SERÃO DAQUI A 3 DIAS!!!
O RESTO DO ARTIGO, ESSE SIM, DE UM ENLEVADO RECORTE SAUDOSISTA A FALAR DE UM PASSADO LONGÍNQUO.

MORAL DA HISTÓRIA:
1- NO POST ANTERIOR PARECEM FUNDADAS AS PREOCUPAÇÕES SOBRE A FALTA DE CAPACIDADE DEMONSTRADA ATÉ AO MOMENTO PELOS DOIS MOCITOS DO PORTO OU LÁ DE ONDE SÃO.
2- A ESCASSOS DIAS DO MÊS DE MARÇO NÃO SAIU AINDA A AGENDA CULTURAL; APENAS NOS DIZEM QUE VAI TER TEATRO, MÚSICA E CINEMA -CONVINCENTES E ESCLARECEDORES;
3- ATÉ AO MOMENTO NÃO FOI DITO AOS LAMECENSES QUAL A ESTRATÉGIA, QUAIS OS PLANOS PARA AQUELE ESPAÇO;
4- AS ASSOCIAÇÕES CULTURAIS (QUE EU SAIBA)NÃO FORAM TIDAS NEM ACHADAS NA PLANIFICAÇÃO DO TRC (SE CALHAR AINDA VÃO TER DE PAGAR PELA UTILIZAÇÃO DAQUILO QUE É NOSSO;
5- ATÉ AO MOMENTO NÃO HOUVE QUALQUER ACÇÃO DE MARKETING NEM A ELABORAÇÃO DE UM LOGÓTIPO PARA O TEATRO, NEM A CRIAÇÃO DE UMA SIMPLES PÁGINA NA INTERNET SOBRE O TRC;
6- NINGUÉM NOS INFORMOU AINDA SE É POSSIVEL OU NÃO OS LAMECENSES ASSISTIREM À REABERTURA DO TEATRO NO PRÓXIMO SÁBADO OU SE APENAS LÁ VAI ESTAR OS MEMBROS DO EXECUTIVO, AS EMPRESAS MUNICIPAIS E OS MERENDEIROS DO COSTUME.

DITO ISTO PEÇO AOS LAMECENSES PARA ESTAREM ATENTOS AO QUE SE VAI PASSAR NO PRÓXIMO FUTURO DO TRC. ELE É NOSSO. QUISERAM ENTREGÁ-LO EM MÃOS ALHEIAS MAS NÓS NÃO DESISTIREMOS DELE.

QUANTOS AOS DOIS MOCITOS COMUNGO DAS MUITAS OPINIÕES DADAS NO POST ANTERIOR: PARA JÁ SÓ DEMONSTRARAM FALTA DE CAPACIDADE PARA AS FUNÇÕES QUE OS ILUMINADOS ARQUITECTO E PAULINHO DAS CONTAS LHES PROPORCIONARAM.

HÁ UM DITADO QUE DIZ: QUEM NASCE TORTO TARDE OU NUNCA SE ENDIREITA.

Anónimo disse...

"... em Março vamos ter Teatro, cinema e Jazz..."
UAU! QUE FIXE!

"... num espaço com condições 'ideais também para espectáculos de música sinfónica, de câmara e solistas..."
A SÉRIO???!!! QU' ESPECTÁCULO!!!!

Os lamecenses nunca julgaram isto possível na sua cidade; olha se não tinham vindo os estrangeiros para Lamego ensinar-nos estas coisas?...
Estamos boquiabertos com as informações e conhecimentos que esses senhores nos vieram trazer acerca do nosso TRC.

Luix disse...

Dão pena! Estes comentários dão mesmo pena...

Anónimo disse...

Banda e Cambres na inauguração!
Que fixe.
Tragam também a banda de cana de Cambres!

Anónimo disse...

Olhem para o Teatro de Vila Real e psua programação!
Enfim o que se esperava daqueles incompetentes!
Ah, já agora digam como se processou a admissão dos funcionários parao TRC e os critérios da escolha.
Pelos vistos a Teté recebeu muitas cunhas.
Mas há que colocar 1º os Abrigosos todos!

Anónimo disse...

Lamento imenso todos os comentários covardolas que são aqui feitos. È nojento o comportamento de determinadas pessoas, que não serão muitas, mas que a curto prazo terão que responder pela forma como se dirigem aos outros. Pode ser que tenham sorte e que finalmente todos esses anónimos e pessoas que escrevem sob pseudónimos sejam desmascarados, e finalmente se possa ficar a saber muita coisa.
Não há educação nem cultura civica nenhuma em 99,9% dos comentários que são efectuados.
Possivelmente quando alguem que não conheça Lamego nem o tipo de pessoas de lmaego, ao ler tais improp´rios e asneiras, não ficará com a melhor das impressões das pessoas que são de Lamego, porque não são os de fora como dizem, que escrevem tais comentários.
Controlem esses comentários, sejam educados, cultos e demosntrem à saciedade que as pessoas de lamego, não são mal educadas, invejosas, mentirosas, quesilentas, persecútórias, demonstrem que de facto existem em Lamego pessoas de bem, educadas, responsáveis,cultas, como Lamego merece.

Anónimo disse...

16 anos de câmara socialista e nada 2,5 anos de câmara Francisco Lopes e o teatro abre...
Mais comentários para quê?

Anónimo disse...

"Não há pior sofrimento, do que sofrer por culpa própria!" Já dizia um vulto da cultura mundial que obviamente os demais frequentadores dos espaços culturais do país conhecem. A julgar pelo que aqui se diz, a programação de que falam só tem elementos de inclusão.
Há artistas locais, nacionais e internacionais na abertura. Afinal há bom em muitos lugares!
Há diversidade de espectáculos, quer na forma quer no conteúdo. Afinal o TRC é para todos!
Há até os ingredientes de uma excelente abertura: suspense, vontade de ser convidado, má língua, boa língua. Enfim, uma festa!

teatreiro disse...

Anónimo das 10:35.
Estamos cheios de medo com as tuas ameaças.
É esta a tua meneira de calar aqueles que livremente querem expressar a sua opinião sobre o Teatro.
Em duas palavras fica tudo dito.
A OBRA DEVE-SE, INTEIRINHA, AO DR.AGOSTINHO, AO RUI PAULO VALADARES E AO JOSÉ ANTÓNIO ALMEIDA SANTOS.
Os merendeiros, onde se inclui o Xico Lopes, apenas se vão aproveitar do trabalho dos outros, procedendo à inauguração.

Por mais que tentem não conseguem enganar os lamecenses que sabem muito bem que foi assim.

Anónimo disse...

O anónimo das 2,31 tem toda a razão. A 3 dias da inauguração oficial, a população só sabe da inauguração através dos jornais. Não existe uma divulgação oficial. Tudo se fecha em copas e a câmara está a cometer um erro crasso em não explicar ao povo como se vai fazer a inauguração.Nem sequer se sabe como é que vai ser com o espectáculo à noite, com a Orquestra das Beiras, segundo dizem. Vai ser a pagar, vai ser à borla ou por convites?

Anónimo disse...

A opinião da população de Lamego não coincide com a maioria dos que aqui escrevem.
A maioria está ávida de poder ir aos espectáculos do TRC. Muitos dos lamecenses como eu vão a espectáculos no Porto, em Vila Real, a Viseu e até a Bragança e por isso sei que as aberturas de teatros têm sempre estes "velhos do restelo", mas não são estes que se vêem nos outros teatros e nem tão pouco se respeitam a si e ao que na nossa terra se faz. Qual de vocês alguma vez fez alguma coisa culturalmente para ver Lamego no Porto, em Lisboa ou fora do país?

Anónimo disse...

Quero propor uma mudança de nome neste blogue e espero merecer a melhor atenção do respectivo administrador:
Que tal "Frustrados de Lamego" ou "Muro das Lamentações e Frustrações de Lamego"

Anónimo disse...

Ó anónimo da 1:30.
Não tentes deitar poeira nos olhos dos lamecenses. Então a população está ávida de teatro???
Esse á para fazer rir ???
Daqui a uns tempos conversamos.
Então há gente que vai a Viseu, ao Porto e a Bragança vêr teatro ???
Essa é a melhor anedota do ano.
Não faças dos outros burros.
Uma coisa é certa, o teatro abre envolto em enorme polémica.

Resta-me prestar aqui uma grande homenagem aos verdadeiros responsáveis por esta obra, que foram o Rui Paulo e o Zé António.
Os melhores presidentes de Câmara que até hoje Lamego teve.

Anónimo disse...

Por alguns comentários aqui expostos fica-se com a sensação que o Sr. Prof. José António Santos tinha deixado a obra em ponto de arranque, o que é perfeitamente errado, visto que foi o Sr. Engº Francisco Lopes quem resolveu os impasses, arrancou e finalizou a obra.

Anónimo disse...

Concordo com a falta de elevação e educação de alguns comen´tários. Toda a gente tem direito à crítica, sem insinuações e ofensas.

Anónimo disse...

Que se reconheça que parte da obra de se deve ao anterior Presidente ainda vá que não vá, mas ao dr. Agostinho Ribeiro???!!!!

O que é isto? Alguma tentativa de o perfilhar como próximo candidato pelo PS (depois de ter cheirado outros partidos) às próximas eleições?

Em concreto o que é que o dr Agostinho Ribeiro fez para levar a cabo este projecto?

Vão-me dizer que, quando foi Vereador e Presidente substituto, falou na sua recuperação? Tenham dó... Isso é o que têm dito centenas de Lamecences desde que o TRC está fechado e contudo não vêm para aqui tentar puxar louros onde os mesmos não existem.

Anónimo disse...

Para o mal e para o bem não deixa de ser importante a Abertura do TRC - que tenha sucesso.

Anónimo disse...

O Agostinho Ribeiro é dos maiores parasitas que Lamego conheceu, já correu tantos ou mais partidos que o Amandio, se o meu PS o está a pensar candidatar, com o meu voto e de outros socialistas não conta.
Eu tenho memória, ele já concorreu por exemplo contra Rui Valadares.

Anónimo disse...

Concordo com o anónimo anterior. Agostinho Ribeiro tem a mania que é intelectual, mas é só teoria, inique-me apenas uma obra que ele tenha feito pela nossa terra, ápenas uma.

Grande Lamego disse...

dizer que o agostinho ribeiro é o principal respoonsavel pela obra deve ser a maior borrada de todos os tempos como é possivel uma personagem daquelas que não sabe fazer nada, nem no debate que organizaram para deitar abaixo o francisco lopes ele conseguiu dizer algo de acertado... esta obra é do francisco lopes e dos que o rodeiam e contra isso ninguem pode fazer nada embora haja sempre uns parazitas queiram mudar as coisas mas não deve ser facil!!!!!
PS = falhados

Anónimo disse...

pois até porque os vereadores do ps(incluindo eurico) votaram contra a compra de 1/16 do teatro.E ainda veem aqui dizer que foi ele que impulsionou a obra tenham vergonha!falhados só vivem da má língua!obrigado sr.presidente por devolver aos lamecenses o TRC.

Anónimo disse...

Concelhos mais industrializados têm melhor qualidade de vida


Rui Bondoso

Vinte dos 24 concelhos do distrito de Viseu estão abaixo do meio da tabela num ranking indicador da qualidade de vida, elaborado em 2007 pelo Observatório para o Desenvolvimento Económico e Social da Universidade da Beira Interior (UBI), que analisou os 278 municípios do continente.

No estudo, que pondera variáveis ambientais, dinamismo económico e social, mercado de habitação e de emprego, equipamentos culturais e educativos, o concelho de Viseu é o primeiro classificado do distrito (mas apenas 63.º no ranking nacional) e o de Resende o último (antepenúltimo, no conjunto dos 278).

Do trabalho resulta ainda outra realidade distrital a confirmação do fosso existente entre os municípios do Norte (menos desenvolvidos) e do Sul (em maior progresso). Basta atentar que nos últimos 12 da tabela, estão incluídos nove dos 10 concelhos da região Douro Sul. Só Lamego, posicionado em 9.º, escapa ao cenário dos "mais pobres".

Uma conclusão que se pode ainda extrair é a posição cimeira dos municípios mais industrializados. Estão todos nos 10 primeiros lugares. São estes também que estão mais bem servidos por vias rodoviárias, como é o caso do IP3, da A25 ou, no caso de Lamego, da A24.

A base de dados fundamental para o estudo do Observatório da UBI foi o Anuário Estatístico, publicado pelo Instituto Nacional de Estatística, referente ao ano de 2004 (o último que foi dado à estampa). O coordenador do trabalho, José Pires Manso, professor catedrático, director do doutoramento de Economia da UBI e responsável pelo Observatório da mesma universidade, admite que os resultados "dependem da selecção dos indicadores previamente realizada, pelo que este ranking pode ser facilmente alterado mediante a alteração de um indicador". Com base em 11 398 valores de amostras, o estudo permitiu aos investigadores chegar ao ranking dos 278 municípios portugueses em termos de bem-estar e qualidade de vida, que coloca os concelhos da Grande Lisboa (a capital lidera) nas melhores posições. O Porto aparece em 4.º lugar. Bem classificados surgem também os municípios do Algarve.

Jornal de Noticias

Anónimo disse...

e mais o zé antónio nas eleições prometeu que se ganhasse as obras no ribeiro conceição começavam no dia seguinte.eu pergunto-me como é que isso era possivel se a camâra ainda nem era dona da totalidade do teatro?provavelmente era mais uma mentira do sr. que fez com que lamego passasse ao lado do progresso e do desenvolvimento...

Anónimo disse...

É lamentável que tanto parasita se atreva a escrever aqui sobre assuntos que não conhece.
Deitam bafuradas para o ar no intuito de confundir os menos avisados. Só que sobre esta matéria das obras do Teatro, Lamego está por demais informada do que realmente se passou e está a passar.
A obra de recuperação do Teatro, não é novidade para ninguém, deve-se exclusivamente ao ex-presidente José António.
Toda a gente sabe que os trabalhos estiveram para começar mais ou menos um mês antes das eleições e só não aconteceram por vontade expressa desse Senhor que não quis misturá-las com as eleições que se avizinhavam, mesmo contra a vontade de muitos que o rodeavam, e do próprio empreiteiro.
Não constituía qualquer impedimento para a progressão das referidas obras, o facto de ainda faltar comprar uma pequena parcela.
Aliás, o acordo estava para breve e apenas por 15.000.000$00.
O empreiteiro chegou a apresentar-se em Lamego para dar inicio à obra, ainda antes das eleições autárquicas.
Como toda a gente sabe, até os mais leigos na matéria, uma obra destas leva muitos meses ou até anos até que se possa iniciar.
Então como é que passados apenas uns dias após tomar posse do cargo, o sr. Francisco Lopes dê inicio aos trabalhos???
Foi-lhe concedido algum milagre ???
Como é que aparecem os lambe-botas a querer atribuir a este executivo o mérito da obra ???
O próprio Xico Lopes, por uma questão de dignidade e honestidade tinha a obrigação moral de elucidar os lamecenses da verdade.
Não o fez porque quer colher os frutos, duma árvore que não lhe pertence e ainda permite que aqueles que o rodeiam, tentem enganar alguns incautos, com mentiras grosseiras, como vem sendo seu timbre.
Que duma vez por todas,os bajuladores fiquem a saber que , quer queiram, quer não, este obra nada tem a ver com este executivo.

ESTA OBRA É DO EX-PRESIDENTE, PROFESSOR JOSÉ ANTÓNIO ALMEIDA SANTOS.

Anónimo disse...

Atenção senhores jornalistas, no dia da inauguração do Teatro não façam perguntas complicadas à Tété do género: Quem foi o primeiro rei de Portugal? Ela é bem capaz de responder que foi o Marcelo Caetano!

Anónimo disse...

Apoiei o Engº Francisco Lopes convencido de que iria modificar muito do que estava mal, apesar de ser amigo pessoal do Prf. José António.
É com profunda desilusão e decepção que assisto a muitas coisas mal executadas ou sem planeamento e acima de tudo aos maus colaboradores escolhidos pelo Sr. presidente da Câmara.

Anónimo disse...

Toda a gente sabe que Francisco Lopes está muito mal acompanhado.

Anónimo disse...

O problema é que a equipa foi da sua inteira responsabilidade!

Anónimo disse...

Quanto à Srª Drª Teresa toda a gente está farta de saber que é a anedota em pessoa.
Pretenciosa isso é, já que gosta de aparecer em tudo que é imprensa, mas igualmente muito incompetente e ignorante.
Mais uma péssima escolha para a equipa!
Tanta mulher lamecense com capaciade e valor e foram logo escolher uma aberração daquelas, por muito respeito que mereça.

Anónimo disse...

o Eurico ía fazer tudo mas não fez nada!!!a verdade é essa e causa dor de corno a muita gente!!

Anónimo disse...

Como é que há pessoas que defendem um sr. que já foi presidente da câmara e que neste momento é o rei da má lingua e da mentira!
EURICO A. OLIVEIRA= Valentina Torres da imprensa cor de rosa em Lamego(jornal Lamego hoje)

Anónimo disse...

Onde está o respeito, a honestidade e a dignidade que Lamego sempre teve?

Anónimo disse...

Há que arejar a cabeça e pensar que o Teatro não é do Francisco Lopes, do Pinto ou da Tété.O Teatro é para todos. Viva o Teatro.

Chico do Pinto disse...

Não façamos deste blog a Praça do Comércio...

Chico do Pinto disse...

Mas para que seja de todos há que dinamizá-lo correctamente...

Vamos lá ver o que os responsáveis irão fazer...

Mas não me venham com a Banda de Cambres ou a Orquestra das Beiras... Vamos lá ver como é o grupo internacional de teatro de rua...

Anónimo disse...

O que diriam estes ressabiados se o homem não fizesse nada? não faz, não está bem acompanhado, são uns merendeiros,etc.

O que dizem do homem por ele fazer MUITA obra? a obra é do Zé, não está bem acompanhado, são uns merendeiros,etc.

O que diriam se o homem fizesse ainda mais obra? ahhh...a obra é do Zé. Está mal acompanhado, são uns merendeiros.

Ai como doi...

Obrigado Eng. Francisco Lopes pela obra que tem feito. Os lamecenses estão-lhe gratos pelo seu empenho e labor, e vão-lho demonstrar nas próximas eleições. Continue.

Anónimo disse...

esta dos ressabiados é mesmo a orlando graxista .............

Anónimo disse...

Anónimo da 1:16. Os lamecenses estão gratos ao Xico Lopes ?
Deves estar borrachola...
Os lamecenses querem é que o Xico Lopes e a sua comandita desapareçam o mais depressa possivel desta terra que não lhe pertence.
Ora um individuo escolhido pelo caloteiro do Pinto não podia ser grande coisa.

TOMA !!! disse...

O ANÓNIMO DA 1:16 ESTÁ GRATO AO XICO LOPES, PORQUE TAMBÉM ANDA A COMER DO TACHO.
TAMBÉM FAZ PARTE DO GRUPO DOS MERENDEIROS OU DOS PILAS MURCHAS

Anónimo disse...

Já vi a foto da TéTé com o chefe.
Está um amor.

Também vi o carro que oa lamecenses lhe ofereceram.
É cá uma máquina !!!

Anónimo disse...

Eu sou apenas um lamecense, como tantos outros e não vou, por uma questão de principio, dizer nada em desabono do quem quer que seja, porque não os conheço suficientemente para o fazer. Contudo entristece-me ler, como acabei de fazer, esta maledicência e, quiça, falta de verdade acerca do TRC. É do domínio público que a sua reconstrução começou ainda no tempo do senhor Rui Valadares, continuou no tempo do Sr.Prof. José António e consumou-se agora com o actual Presidente, Sr. Eng.º Francisco Lopes.Sendo assim, já que foi uma obra que contou com o empenhamento e afã dos três, porquê tirar-lhes o mérito, só porque não são da cor política de quem faz o comentário? A politica deve ser uma arte nobre e, como tal, comecemos já a exercê-la de uma forma honesta. Maldizer só por maldizer, para ferir, destruir o bom nome e reputação, e magoar o outro não é verdadeiramente politica. O seu a seu dono. E ninguém ficará mal se o souberem fazer com honestidade e isenção. Certamente que todos deram o melhor de si para que a abertura do TRC viesse a ser uma realidade. Eu, como lamecense, estou feliz com a sua reabertura. Parabéns aos três e a todos quantos se esforçaram para que ele reabra amanhã.

Anónimo disse...

Eu sou apenas um lamecense, como tantos outros e não vou, por uma questão de principio, dizer nada em desabono do quem quer que seja, porque não os conheço suficientemente para o fazer. Contudo entristece-me ler, como acabei de fazer, esta maledicência e, quiça, falta de verdade acerca do TRC. É do domínio público que a sua reconstrução começou ainda no tempo do senhor Rui Valadares, continuou no tempo do Sr.Prof. José António e consumou-se agora com o actual Presidente, Sr. Eng.º Francisco Lopes.Sendo assim, já que foi uma obra que contou com o empenhamento e afã dos três, porquê tirar-lhes o mérito, só porque não são da cor política de quem faz o comentário? A politica deve ser uma arte nobre e, como tal, comecemos já a exercê-la de uma forma honesta. Maldizer só por maldizer, para ferir, destruir o bom nome e reputação, e magoar o outro não é verdadeiramente politica. O seu a seu dono. E ninguém ficará mal se o souberem fazer com honestidade e isenção. Certamente que todos deram o melhor de si para que a abertura do TRC viesse a ser uma realidade. Eu, como lamecense, estou feliz com a sua reabertura. Parabéns aos três e a todos quantos se esforçaram para que ele reabra amanhã.

Anónimo disse...

Porque não dar os parabéns ao senhor Rui Valadares, ao Sr. Prof, José António e Sr. Eng.º Francisco Lopes pelo empenhamento que tiveram no sentido do TRC reabrir as sus portas amanhã? Não seria mais honesto? Penso que sim.Comecemos a fazer política séria e honesta e não de baixo nível, que não é gratificante para ninguém, muito menos para nós, lamecenses.

Anónimo disse...

Porque não dar os parabéns ao senhor Rui Valadares, ao Sr. Prof, José António e Sr. Eng.º Francisco Lopes pelo empenhamento que tiveram no sentido do TRC reabrir as sus portas amanhã? Não seria mais honesto? Penso que sim.Comecemos a fazer política séria e honesta e não de baixo nível, que não é gratificante para ninguém, muito menos para nós, lamecenses.

Anónimo disse...

Porque não dar os parabéns ao senhor Rui Valadares, ao Sr. Prof, José António e Sr. Eng.º Francisco Lopes pelo empenhamento que tiveram no sentido do TRC reabrir as sus portas amanhã? Não seria mais honesto? Penso que sim.Comecemos a fazer política séria e honesta e não de baixo nível, que não é gratificante para ninguém, muito menos para nós, lamecenses.

Anónimo disse...

Porque não dar os parabéns ao senhor Rui Valadares, ao Sr. Prof, José António e Sr. Eng.º Francisco Lopes pelo empenhamento que tiveram no sentido do TRC reabrir as sus portas amanhã? Não seria mais honesto? Penso que sim.Comecemos a fazer política séria e honesta e não de baixo nível, que não é gratificante para ninguém, muito menos para nós, lamecenses.

Anónimo disse...

É UMA TRISTEZA VÊR O NOSSO TEATRO ENTREGUE A GENTE DE FORA.
TEMOS EM LAMEGO MUITA GENTE COM CAPACIDADE PARA O DIRIJIR.

PORQUÊ ESTA ATITUDE DO IMIGRANTE XICO LOPES E DA SALOIA DA TÉTÉ ?

TENHO PENA MAS COM ESTA GENTE O TEATRO NÃO VAI PARA LONGE.

Anónimo disse...

Em primeiro lugar saudações a todos! muita coisa já foi aqui dita, umas boas outras más, mas há que salientar algumas! De quem é o mérito da reabertura do TRC? de todos os que nela estiveram envolvidos, idependentemente da sua cor política! agora que a sua reabertura tá a ser feita de uma maneira estranha lá isso tá! Eu sou daqueles que muitas vezes me desloquei a Vilar Real, Viseu, Bragança, para ir ao teatro, ver concertos etc... e não foram assim tão poucas vezes! Hoje gostava de ir ver a filarmonia das Beiras, pois ainda há bem pouco tempo, assisti a um concerto da mesma em Vila Real e Gostei Muito! Mas será que posso? Ou tinha de ser merendeiro e ter convite? fico assim sem saber, pois 98% do concelho não sabe! 80% nem sequer sabem que a reabertura é hoje! isto sim é uma vergonha! 4000€ num logótipo e não se gasta meia dúzia de trocos nuns flyers para a divulgação da grande reabertura do TRC. Sou da opinião de muitos, com esta gente não vai longe, 1 concerto por mês e cinema 3 vezes por semana, teatro 1 vez por ano etc... bem vou ver se alguém perde um convite e eu o encontro lol...

Anónimo disse...

Eu a pensar que Lamego ainda ia entrar nos trilhos com este belo teatro... mas afinal pela peixeirada barata que aqui vai isto não vai de certeza a bom porto...
É preciso varrer a escumalha que fazem da cultura um local de debate politiqueiro, já é de má índole juntar politica com cultura, mas juntar rebaldaria com cultura é bem menos elegante.
Ao menos que este teatro consiga educar,alguns(as) Lamecenses que neste blog escrevem, aquilo que não conseguíram aprender nem na escola nem em casa.

Anónimo disse...

Parabéns à equipa que trabalha no TRC e quero deixar uma palavra de grande reconhecimento pelo excelente programa do mês de Março. A inauguração foi um sucesso e é pena que ainda existam pessoas com uma grande falta de sensibilidade para perceber que nestes dias é necessário estabelecer regras e que nem toda a gente pode visitar o TRC. É um espaço de todos e para todos. Deixem os técnicos trabalhar e vamos todos colaborar nesse trabalho para tornar o TRC uma referência regional, nacional e internacional. Mais uma vez parabéns e bom trabalho para a equipa do TRC.

Anónimo disse...

Já tive a oportunidade de saber quem são os técnicos que trabalham no TRC. Há muitas pessoas que criticam o facto de serem pessoas de fora, mas acho que foi uma boa opção. Desta forma não se pode dizer que há cunhas e que as pessoas foram escolhidas por serem familiares ou amigos de quem dirige TRC. Que este espaço cultural seja uma referência para a cidade de Lamego e que todos os lamecenses se orgulhem do grande sucesso que vai ser este teatro. Um abraço.

Anónimo disse...

Outro merendeiro que está a ganhar a vida à nossa custa.
Vamos ajudar ???
Ajuda tu que ganhas bem para tal.
Pena é que não te preocupe a trapalhada toda que envolve esta inauguração.

estranho isto e muito mais disse...

Anónimo da 1:34.

Estranho que não te preocupes com o critério utilizado com a distribuição dos convites para a abertura.

Estranho que não te preocupes em saber donde vem tanto dinheiro.

Estranho que não te preocupes em saber se este executivo está a hipotecar o futuro da minha terra, (que não deve ser a tua).

Estranho que não recebas nada para vir aqui defender o que é indefensável.

Anónimo disse...

Parabéns ao programador do TRC. Excelente Programação em Março, Abril e Maio...Só espero q se mantenha assim nos próximos meses. Adorei o João Lagarto, o Victorino, a Orquestra Ligeira do Exército e o Carlos Guilherme em homenagem ao nossso querido José Afonso. Bom trabalho.

Anónimo disse...

Para quem escreve neste blog sobre cultura e não percebe nada do que está a dizer, TRC é um exemplo de sucesso e orgulho para a cidade de Lamego. Excelente programação e interacção com as escolas através do serviço educativo.

Um abraço.