quarta-feira, março 05, 2008

PROFESSORES MANIFESTAM-SE EM LAMEGO

Mais de 300 professores marcharam hoje pelas ruas da cidade de Lamego, naquela que foi a segunda acção de protesto contra as políticas educativas do Governo no Distrito de Viseu, no prazo de uma semana.

Os professores concentraram-se frente à Escola Secundária Latino Coelho e partiram depois em direcção à estátua do soldado desconhecido, levando à frente uma faixa com a inscrição "Não há progresso sem conhecimento. Os professores exigem respeito pela sua profissão".

A Federação Regional de Associações de Pais de Viseu fez questão de estar presente na acção de protesto, para deixar claro "que os pais não estão com a ministra da Educação", justificou à Agência Lusa a dirigente Maria José Viseu.

"Os pais do Distrito de Viseu apoiam os professores na defesa da escola pública", garantia uma faixa da Federação.

Maria José Viseu mostrou-se preocupada por, "actualmente, os professores estarem todos a pensar nas avaliações, porque estão a surgir normativas nas escolas em catadupa e não têm tempo para cumprir a sua principal missão, que é ensinar".

Um professor, que preferiu o anonimato, apareceu vestido com uma t-shirt com uma imagem do rosto do primeiro-ministro, José Sócrates, rasgada e a inscrição "É preciso, é urgente, uma política diferente".

"Sou professor em Viseu, estive lá na manifestação, fiz questão de vir aqui hoje a Lamego e irei sábado a Lisboa, porque estou completamente saturado desta política", afirmou o docente, que lecciona há três décadas.

Francisco Almeida disse ter grandes expectativas em relação à marcha da indignação de sábado, contando que, só do Distrito de Viseu, rumarão a Lisboa pelo menos 25 autocarros.

"Não estamos aqui por dois prazos, quatro fichas e três objectivos. O que nos traz aqui é a firme reprovação da política educativa", frisou o dirigente sindical, criticando a avaliação nos moldes em que o Ministério a queria impor, um Estatuto de Carreira Docente "que dividiu os professores em duas castas" e o modelo de direcção e gestão das escolas que "quer acabar com a democracia". FONTE: LUSA

81 comentários:

um pai indignado disse...

Essa Maria José Viseu não é a mesma que entregou a Associação de Protecção de Menores ao Amândio e ao PSD???
Logo vi.

Quem a autorizou a falar em nome dos pais do distrito ???

Ela sabe muito bem que os pais e a generalidade da população não estã com os professores.

Maria José Viseu, é mentirosa.

Anónimo disse...

LOBBY DOS PROFESSORES CONVOCA MANIFESTAÇÃO PARA LISBOA

Anónimo disse...

Vamos a ser isentos nas nossas apreciações. Algo está mal no país, toda a gente o sente e sabe. Por isso parece-me que seria uma atitude sensata do Governo parar um pouco e pensar no que está a fazer. Muita coisa precisava de ser mudada, concordo, mas será a política do Governo a mais correcta? Parece-me que não. Mas afinal não estamos em democracia?! Então ouçam-se e respeitem-se as opiniões dos parceiros sociais. O autismo sempre foi uma característica da ditadura, e desta já estamos fartos, 48 anos foi demais e já nos chegou.Vejam se chegam a uma plataforma de entendimento, porque será benéfico para todos nós.

Anónimo disse...

Maria José Viseu a falar pelos pais a favor dos professores...

NORMAL, ELA TAMBÉM É PROFESSORA!!!

Anónimo disse...

A Maria José Viseu é professora ???

Então não devia representar os pais dos alunos.

Perdeu muito com a sua atitude.

Anónimo disse...

Anónimo da 1:36.
És um demagógico.
Se o governo fosse ouvir, mais uma vez a opinião dos parceiros sociais, nem no ano 3000 se fazia a reforma do ensino.
Os parceiros sociais, digo sindicatos comunistas, querem é pôr os professores a ganhar mais que o Presidente da Républica, a trabalharem aí uma hora por dia, aumentar as regalias sociais e a dar-lhes uma reforma em triplicado.
Desta vez enganaram-se. É que esta ministra não torce, como estavam habituados desde o 25 de Abril.
A manifestação é amanhã, mas depois vem outro dia e mais outro e já ninguém se lembra.

Senhora Ministra. Mantenha-se firme que o povo português agradece, especialmente aqueles que não têm possibilidade de ganhar o balúrdio que ganham esses senhores.

Anónimo disse...

Sou professor à 24 anos e não me deixo embarcar em manifestações, como a que ocorreu em Lamego e como a que vai efectuar-se amanhã em Lisboa.
De qualquer modo, gostei de ver os meus colegas, alguns que conheço perfeitamente como militantes ou simpatizantes do PSD e do CDS, embarcarem com toda a facilidade nestas organizações comunistas sem darem conta que estão a ser usados.
É pena que estes colegas ainda não tenham percebido no logro em que estão a caír, com prejuizo, no futuro, para muitos deles.

Anónimo disse...

Na passagem da manifestação em Lamego, muitas das pessoas que se cruzaram com a mesma diziam: IDE TRABALHAR MALANDROS.
Ao que esta gente se sujeita.

Anónimo disse...

SONDAGEM NA INTERNET.

Mais de 80% dos portugueses estão contra a posição dos professores.

Eu também...

Porque têm eles mêdo de ser avaliados ?

Anónimo disse...

SONDAGEM NA INTERNET.

Mais de 80% dos portugueses estão contra a posição dos professores.

Eu também...

Porque têm eles mêdo de ser avaliados ?

Anónimo disse...

O anónimo anterior é um imbecil.
Os professores sempre foram avaliados e não são contra a avaliação. São contra as políticas erradas e totalitaristas da Srª Ministra, que quer transformar as escolas em depósiots de crianças, sem terem o mínimo de condições para isso.

Anónimo disse...

O anónimo das 7.24 se é Professor é um mau professor ou é de trabalhos manuais, porque escreveu sou professor à 24 anos em vez de escrever sou professor há 24 anos!

Anónimo disse...

O anónimo das 7.24 está a confundir as coisas!
Esta luta não envolve partidos ou sindicatos. Envolve sim professores de todos os ramos de ensino, independentemente do partido, cor, idade, sindicato...

Anónimo disse...

Não convenceis ninguém com esse palavriado.
Ái agora o problema já não é a avaliação ???
Não enganais ninguém, comunistas.

Anónimo disse...

A Senhora Ministra vai dizer-vos se as politicas são erradas.
Aguardai.
Os comunas foram sempre assim.
Quanto pior, melhor.

Anónimo disse...

ESte senhor do PARTIDO SOCIALISTA escreve e fala por todos.
Deve ter algum filho a estudar e quer que ele passe sem saber nada.
Assim a que somos socialistas.

Anónimo disse...

NA MANIFESTAÇÃO VI LÁ MUITOS SOCIALISTAS COMO EU.
NÃO ERAM SÓ DOS OUTROS PARTIDOS.
AGORA SERÁ QUE SO EXISTEM SOCIALISTAS COM PALAS PARA PODEREM SÓ VER PARA A FRENTE.
AMIGOS EU NÃO SOU PROFESSOR MAS DIGO SÃO ELES QUE FAZEM DOS NOSSOS FILHOS ALGUEM NA VIDA.
EU SOU SOCIALISTA E TENHO QUE RESPEITAR OS OUTROS PORQUE QUANDO O PSD ESTAVA NO GOVERNO NÓS SOCIALISTAS CRITICAMOS A MENISTRA DA EDUCAÇÃO DESSE GOVERNO E TUDO COMEÇOU POR AÍ.

Anónimo disse...

profs. ide ensinar que é a vossa função.
não tendes nenhuma razão naquilo que chorais.
pareceis meninos mimados.
e aos meninos mimados porrada neles.

Anónimo disse...

O anónimo das 7,24 diz que é professor mas dá erros ortográficos que até mete dó. Começa logo por escrever "sou professor à vinte e quatro anos...",sem H. Deve ser professor de ballet!

Anónimo disse...

Os sindicatos COMUNISTAS, conseguiram dobrar 30% dos professores deste país, na sua maioria PSD,s e CDS,s.
Até o Luis Filipe Menezes deu ordem aos seus professores para alinharem na manifestação COMUNISTA de hoje.
Amanhã ides vêr o fruto desta bagunçada.
NADA... NADA... NADA...

SÓ VERGONHA...

Anónimo disse...

Digam-me lá, professores deste país.
Porque não querem ser avaliados?
Porque temem a avaliação?
Não estão devidamente preparados ?
Voltem aos bancos da escola.
A população já percebeu o vosso problema.
Vejam sondagens da Internet, onde mais de 80% dos entrevistados, repudiam a vossa luta.
Com este Ministra não levais nada.
Esta não é como os anteriores ministros da educação.
Esta sabe o que quer e não abdica.
Ainda bem.

prof. disse...

Então os senhores professores ficaram muito admirados de um colega vosso dar um erro?
Pois toda a gente conhece casos deste género que são de bradar aos cèus.
Qual o professor que não erra ?

E já agora querem saber qual foi o maior erro da vossa vida ??? Querem ???

Foi meterem-se nesta guerra injusta ao lado dos comunistas, da qual só vocês vão sair prejudicados.

O país está a rir-se de vós.

Anónimo disse...

Afinal os comunistas continuam a comer criancinhas ao pequeno almoço!

Anónimo disse...

Agora já não comem criancinhas.

Agora comem professores incautos.

Anónimo disse...

Os comunistas estão a fazer uma lavagem ao cérebro de muitos professores.
E estes lá vão na onda.

Anónimo disse...

Esta manifestação é uma vergonha e uma coisa indigna para os professores bons, sérios e honestos que existem neste país.
A ministra deve manter-se firme nas suas posições porque só assim conseguiremos ultrapassar os anos de laxismo e incompetência que grassa no sistema educativo português.
Maus e fracos professores - tenham vergonha nessa cara e parem de prejudicar Portugal. Calem-se e deixem os profissionais sérios e competentes fazerem o seu trabalho.

Anónimo disse...

Os coitados dos professores, segundo alguns comentaristas, não valem nada, deixam-se manipular, não querem trabalhar, não querem ser avaliados, etc, etc.
Pergunto:
Porque metem os vossos filhos nas escolas?
Podem ensiná-los em casa e prpopô-los a exame, já que a lei assim o permite.
Pois é, custa aturá-los e toca a depositá-los nas escolas para que os professores os ensinem, eduquem e façam as vezes de pais|

Anónimo disse...

Felizmente que nem todos, mas há professores que são autênticos palhaços.

Deixaram-se enrolar pelos sindicatos comunistas e a prova foi que a manifestação parou em frente à sede do PCP em Lisboa para agradecer ao partido.

Trabalhem, dêm aulas que é para isso que os contribuintes lhes pagam.

PROF. disse...

OS PROFESSORES QUE NÃO ESTÃO SATISFEITOS, VÃO-SE EMBORA.
PROCUREM NOVA PROFISSÃO OU EMIGREM.

NÂO QUEREM SER AVALIADOS PORQUE SÃO INCOMPETENTES.
E É ESSA INCOMPETÊNCIA QUE ELES ESTÃO A MINISTRAR AOS NOSSOS FILHOS.

POR FAVOR SENHORA MINISTRA DA EDUCAÇÃO, CONTINUE FIRME E NÃO DEIXE ESTES SENHORES FAZEREM CONSIGO, O QUE SEMPRE FIZERAM, A TODOS OS GOVERNOS, DEPOIS DE ABRIL DE 1974.

TENHAM VERGONHA SEUS PALHAÇOS.

é triste disse...

é incrível como o moderador deste blog deixa passar certos comentários...

Anónimo disse...

Só os professores incompetentes têm medo de ser avaliados, quem não estiver contente e se ache bom, sempre se pode dimitir da função publica e procurar outro posto de trabalho, ou será que não é assim tão bom e tem medo de arriscar ficar sem emprego.

PROF+ disse...

É patético ler estes comentários. Sou professor, preparo aulas, dou aulas e ouço os meus alunos,ouço-os a dizer aquilo que ouvem em casa, dou-lhes a atenção que os pais que aqui escrevem não dão.
Estou a km.s de Lamego...mas é triste ver que falam sem saber:
OS PROFS TÊM DE SER AVALIADOS, MAS O MODO COMO SERÃO AVALIADOS VAI GERAR CONFLITOS ENTRE ELES, GERANDO SITUAÇÕES DE INJUSTIÇA E POUCA ÉTICA.
OS PAIS NÃO TÊM DE AVALIAR OS PROF.
OS CONTRATADOS VÃO SER AS COBAIAS.
OS CONTRATADOS QUE TRABALHAM HA 5ANOS TÊM FAZER UMA PROVA...
ALGUM DOS PALERMAS QUE FALOU SEM SABER FAZ PROVAS!

OLHEM SE OS POLICIAS DE LAMEGO FIZESSEM PROVAS FISICAS...FISICAS!! COM ALGUMAS BARRIGAS...!!

PAREM DE ATACAR OS PROFS SEM SABER,OU QUEREM TER OS FILHITOS BURROS AI EM CASA!!!

Anónimo disse...

Pelos vistos há 100000 professores comunistas...

Anónimo disse...

Os professores não são contra as avaliações, porque elas existem e sempre existiram, ou já se esqueceram das avaliações de desempenho, das acções de formação para subida de escalão, das visitas dos inspectores pedagógicos para n os avaliarem, etc.
Os professores não se manifestam só por causa da avaliação (isso´e o que a Srª Ministra pretnde passar).
Os professores estão contra a política educativa deste governo (estatuto da carreira docente, directores das escolas nomeados pelo governo, regras na aposentação, etc, etc)

um pai atento disse...

Não há 100.000 professores comunistas, mas há muitos milhares que foram na onda do partido comunista. Há os papalvos que se deixaram enredar.
Quanto aos 100.000 que os sindicatos dizem, bem... já estamos habituados que os manifestantes ou os grevistas sejam multiplicados por três.
Portanto as contas mais acertadas são aí uns 30.000.
Mas a consolação que me resta, como pai e encarregado de educação, é que a Senhora Ministra não vai ceder e amanhã já ninguém se lembra da manifestação demagógica que estes senhores incorporaram.

E eu continuo a perguntar:

Porque é que ainda nenhum governo, nem nenhum dos Ministros da Educação que tivemos até hoje, agradaram aos professores???
Só assim se compreende os seus volumosos ordenados e as suas enormes reformas.

Porque é que os professores ão querem ser avaliados como são quase todos os trabalhadores ???

Deixem-se de ser mais papistas que o Papa e trabalhem, sejam honestos, justifiquem o salário que auferem.

reformado disse...

Anónimo das 12:03.
Afinal o que vocês querem é mais dinheiro.
Não vos chega o que já recebem?
Porque não pensam nos outros.
Naqueles desgraçados que `têm de viver com um terço, ou menos do vosso ordenado e das vossa reformas ?

HUMILHADO disse...

IMAGENS CHOCANTES AS QUE HOJE A TELEVISÃO NOS MOSTROU, DE ALGUNS PROFESSORES, ONTEM, NO FINAL DA MARCHA, A MERENDAREM BEBENDO CHAMPANHE.
QUANTOS PORTUGUESES NÃO TÊM DINHEIRO PARA PAGAR A ÁGUA, ENQUANTO OS PROFESSORES, PORQUE TÊM UM EXCELENTE PODER DE COMPRA, CONSOMEM CHAMPANHE.

AFINAL O QUE QUER ESTA GENTE ???

Anónimo disse...

MUITOS PROFESSORES FORAM ONTEM DE EXCURÇÃO A LISBOA.
DEPOIS DE DANÇAREM NA AVENIDA DA LIBERDADE, E DE COMEREM E BEBEREM BEM (até meteu champanhe) REGRESSARAM ÁS SUAS TERRAS.
FOI UM DIA DE FOLIA, MUITO BEM PASSADO.

VIVA A ALEGRIA.

Anónimo disse...

Meus amigos,estive também em Lisboa e não sou nem nunca fui comunista, por isso não aceito que tentem dizer que os professores são mentecaptos ou não sabem o que andam a fazer. Não os professore são pessoas responsáveis e são seres pensantes como talvez nenhuma outra profissão.
O que que eu não compreendo é a colagem que alguns seguidistas de um governo que mentiu aos portugueses e que não cumpre nenhuma das promessas que prometeu na campanha eleitoral. E aqui é que eu gostava de ver os comentaristas que opinam sobre as razões dos professores, revoltarem-se porque cada vez os portugueses t~em menos poder de compra. Por isso quando alguém diz que os professores ganham muito e gostaria de dizer que algumas profissões deste país é que ganham pouco, porque temos um governo que apenas tributa quem trabalha por conta de outrem e mantem os politicos com regalias princepescas. Sim porque a maior parte desses politicos são autenticos analfabetos que apenas sabem tratar da vidinha, veja se a maioria dos presidentes de Cãmara da nossa região que estão todos reformados com quantias chorudas e desses ninguem fala.
Finalmente dizer que a reforma da educação so pode ser feita com o envolvimento dos professores. Nenhum politico responsável consiguirá resultados se os principais agentes de mudança não estiverem motivados.
Por isso caros amigos acham que os vossos filhos terão melhores resultados na escola com as propostas que esta Ministra( TEIMOSA PREPOTENTE,quer levar por diante.? Por mim digo que não, porque só se pode aprender na escola se o professor tiver tempo para preparar, reflectiver analisar cada aluno de acordo com o seu ritmo de aprendizagem e não como ela quer transformar os professores em funcionários administrativos

Anónimo disse...

Meus amigos,estive também em Lisboa e não sou nem nunca fui comunista, por isso não aceito que tentem dizer que os professores são mentecaptos ou não sabem o que andam a fazer. Não os professore são pessoas responsáveis e são seres pensantes como talvez nenhuma outra profissão.
O que que eu não compreendo é a colagem que alguns seguidistas de um governo que mentiu aos portugueses e que não cumpre nenhuma das promessas que prometeu na campanha eleitoral. E aqui é que eu gostava de ver os comentaristas que opinam sobre as razões dos professores, revoltarem-se porque cada vez os portugueses têm menos poder de compra. Por isso quando alguém diz que os professores ganham muito eu gostaria de dizer que algumas profissões deste país é que ganham pouco, porque temos um governo que apenas tributa quem trabalha por conta de outrem e mantem os politicos com regalias princepescas. Sim porque a maior parte desses politicos são autenticos analfabetos que apenas sabem tratar da vidinha, veja -se a maioria dos presidentes de Cãmara da nossa região que estão todos reformados com quantias chorudas e desses ninguem fala.
Finalmente dizer que a reforma da educação so pode ser feita com o envolvimento dos professores. Nenhum politico responsável consiguirá resultados se os principais agentes de mudança não estiverem motivados.
Por isso caros amigos acham que os vossos filhos terão melhores resultados na escola com as propostas que esta Ministra( TEIMOSA PREPOTENTE,quer levar por diante.? Por mim digo que não, porque só se pode aprender na escola se o professor tiver tempo para preparar, reflectir analisar cada aluno de acordo com o seu ritmo de aprendizagem e não como ela quer transformar os professores em funcionários administrativos

Anónimo disse...

Se fazem reformas é mau porque fazem reformas. Se não fazem reformas é mau porque não fazem reformas. Se ficam a meio do caminho, é mau porque ficam a meio do caminho.
O sistema educativo português é o mais fraco da europa, o mais medíocre e o que tem demonstrado menos resultados. É necessária a reforma, mas para os professores está mal. Querem ser avaliados mas não desta maneira, mas não dizem que maneira é que querem. São privilegiados quando comparados com a restante administração pública mas isso não conta. Querem um bom estatuto da carreira docente, mas não este, mas não dizem que estatuto querem. Fazem centenas de reuniões com o ministério mas depois dizem que o ministério é insensível aos professores. Sabem que a escola existe para formar os alunos e não para dar emprego a professores, porque estes são apenas instrumentos da educação mas agem como se a escola fosse feita para eles.
Enfim, são mesmo privilegiados, com baixo nível de formação e isso vê-se pelos resultados da educação deste povo mas berram e gritam porque querem que isto continue na mesma. Tenho a certeza que muitos e muitos professores não são assim, mas a generalidade, infelizmente é esta.
E não querem ser avaliados por ninguém, essa é que é a verdade nua e crua. Querem continuar impunes para continuarem a desgraçar Portugal.
Só posso dizer uma coisa. Senhora Ministra, não desista. Continue assim e vá em frente. Não desanime. Os portugueses estão do seu lado.

cidadão responsavel disse...

É claro que a esmagadora maioria dos portugueses estão com esta ministra da educação.
Andam há anos, os professoras, a reclamar por uma reforma no ensino e agora que ela se está a processar pela mão desta ministra,já não serve?

Estavam á espera duma reforma para aumentar ainda mais os salários dos professores e as suas reformas?

Tenham vergonha. Pensem nos outros portugueses que ganham um terço daquilo que ganham os professores.

Onde esté a vossa inteligência e a vossa cultura.

Não votei, aliás nunca votei no PS, mas agora depois de ter ouvido o primeiro ministro no telejornal dizer que a reforma é para continuar e que dá todo o apoio à Ministra da Educação, o Partido Socialista tem o meu voto garantido.

Penso que como eu, estarão a pensar milhares de portugueses.

Calem-se, deixem-se de brincadeiras com coisas sérias, trabalhem, que vocês não merecem mais.

Anónimo disse...

PARABENS AO PRIMEIRO MINISTRO E À MINISTRA DA EDUCAÇÃO, QUE NÃO SE DEIXAM VERGAR PELAS MANIFESTAÇÕES VERGONHOSAS DOS PROFESSORES.

Amigo e colega do Manuel disse...

FOI A PRIMEIRA E A ÚLTIMA

Dizia-me assim o meu amigo Manuel (nome ficticio) que é professor há mais de 20 anos e social-democrata assumido, quando me contava o que tinha acontecido em Lisboa, no dia de ontem.
"Cedo me apercebi de que havia ali uma certa manipulação feita aos professores, por alguns profissionais da politica.
E quando ao chegar-mos junto à sede do PCP, a manifestação parou para agradecerem aos comunistas a colaboração prestada, saí da manifestação, como um rato, e fiquei revoltado contra mim mesmo por ter aderido.
Aquilo para mim não era uma manifestação de professores, mas sim uma manifestação politica organizada pelos sindicatos comunistas.
Apostava que alguns milhares que ali íam não eram professores, eram comunistas infiltrados."

Para mim, nunca mais, dizia o Manel, entristecido e magoado.

Anónimo disse...

Ao distraído das 2:22

Quem foi que impediu que os Presidentes da Câmara todos, e não só os que conheces, pudessem acumular reformas obtidas pela duplicação do tempo como eleitos locais, com os vencimentos da sua função política.
Quem foi que acabou com todas essas e outras mordomias dos políticos?
Quem habilitou o estado e as suas entidades com leis orgânicas que possibilitam acabar com as bagunçadas e a incompetência funcional e a irresponsabilidade gestora? Quem impôs a avaliação dos desempemhos dos gestores públicos e a sua responsabilização poelos maus resultados?

O que tu (vocês) querem é continuar a mamar à custa do que não conseguem produzir.

O estado que pague.

País de irresponsáveis, em que todos urram e ninguém assume as suas próprias responsabilidades, limitações e fraquezas.

Percebe-se bem, agora, o Guterres que preferiu ir tratar de 'terceiro-mundistas' famintos do que continuar a ajudar e a aturar estes terceiro-mundistas presunçosos, medíocres, invejosos e preguiçosos: os portugas !!!

vai á merda disse...

Percebemos que o jumento do Guterres, fica bem com os seus semelhantes.
Uns pobres económicamente outros pobres e desprovidos de intelegência.

Anónimo disse...

Haja decência.

Anónimo disse...

10:25
Tu é que és o inteligente.
Como escreves, essa e outras palavras, deves ser professor, ou foste à manif e ainda tens a vista turva.

O Sócrates - animal feroz - e o Guterres - sem inteligência - trabalharam (por) para ti, e mesmo assim tu ainda está aí atolado.
Não é defeito teu, nem deles.
É o teu feitio.

Não te trates, que não há remédio. Há muitos 'narcisos iluminados' como tu, e também sobrevivem.
Tal como nós.

Amanhã vai lá dar cabo da cabeça dos meus filhos, com as tuas frustrações, e continua a pensar que isso é aprimorar a educação.

É o contributo que consegues.

Anónimo disse...

O Engº Sócrates quer reformar a educação, porque ele próprio comprou o diploma de engenheiro|

Anónimo disse...

A culpa de dele ser falso engenheiro, não foi dos professores, porque estes nunca o passariam. Foi sim da cambada política (PS) que lho passou!

sebastião q ñ quer vir disse...

Deve ter conseguido o diploma esforçando-se o mesmo que alguns profs. formados (?) dessa, mesma, forma 'independente'.
Mas deve ter tanta, ou mais, capacidade do que alguns dos 'mestrados' e 'doutores' que foram pequinicar ontem à capital.

Todos diferentes, todos (des)iguais.

País de tristes: nós.

Anónimo disse...

As más-línguas rancorosas contra os professores, não têm capacidade para educar os filhotes, querem-nos ver pelas costas, entregam-nos nas escolas e depois ainda dizem mal das amas (professores)

Anónimo disse...

Vinha no JN, creio, há dias e diz muito, do que não é dito nas tarjas negras das manifs. e nem nas págunas e blogs dos "contestatários":

TÓPICOS QUE AJUDAM A TRAÇAR O PERFIL DO PROFESSOR PORTUGUÊS

HABILITAÇÕES

Educação Pré-escolar
Doutourados: 117
Licenciados: 7.484
Bacharéis: 1.926

Primeiro Ciclo
Doutourados: 298
Licenciados: 25.982
Bacharéis: 7.246

Segundo Ciclo
Doutourados: 649
Licenciados: 24.772
Bacharéis: 4.236

Secundário
Doutourados: 3.730
Licenciados: 67.401
Bacharéis: 4.989

REMUNERAÇÃO (x 14 meses)
(Todos os Ciclos)
Início de Carreira: 930 euros
15 anos de Carreira: 1.524 euros
Topo da Carreira: 2.390 euros

HORAS NA SALA DE AULA

1º Ciclo-
855 hrs. no ano lectivo
Média OCDE: 803 hrs.

2º Ciclo-
564 hrs. no ano lectivo
Média OCDE: 707 hrs.

Secundário -
513 hrs. no ano lectivo
Média OCDE: 664 hrs.

HORAS NA ESCOLA

1º Ciclo-
855 hrs. no ano lectivo
Média OCDE: 1151 hrs.

2º Ciclo-
616 hrs. no ano lectivo
Média OCDE: 1163 hrs.

Secundário -
564 hrs. no ano lectivo
Média OCDE: 1106 hrs.

---------------------------------
Pode não ser tudo mesmo assim, nem tão pouco exacto, mas era bom que em vez de irem piquenicar p'ra capital, nos elucidassem a nós (pais preguiçosos e desinteressados) do modelo que mais nos interessa a todos.
E se deixassem de olhar para o umbigo e parassem de destilar acinte...

Obrigado

Anónimo disse...

Será que algum dos 100000 manifestantes comprou o diploma como fez o 1º ministro?

Anónimo disse...

Alguns professores, mostram aqui bem, porque não merecem estar no ensino.
E estão os nossos filhos entregues a esta bicharada.
Senhor Primeiro Ministro, Senhora Ministra da Educação, mantenham-se firmes que Portugal agradece.

Anónimo disse...

Alguns professores, mostram aqui bem, porque não merecem estar no ensino.
E estão os nossos filhos entregues a esta bicharada.
Senhor Primeiro Ministro, Senhora Ministra da Educação, mantenham-se firmes que Portugal agradece.

ATENTO disse...

E AGORA ???
AGORA QUE A MANIFESTAÇÃO JÁ PASSOU ???
OS PROFE3SSORES VÃO METER A VIOLA NO SACO E AGRADECER AOS SINDICATOS COMUNISTAS O PASSEIO A LISBOA.

a voz do povo disse...

na hora: palito,juntamente com os pesos pesados da era do prof.rui machado,avança com candidatura à JSD/LAMEGO!!!

Anónimo disse...

Palito candidato à jsd????....
ummmm o mel n tem outra pessoa melhor para por nesse lugar....

de lamego na estgl disse...

então o palito não ía formar uma dupla terrível com o carlos galhardo na jp???? pelo menos a dupla explosiva que perdeu a ae da aeestgl poderia ter uma vitoriazinha

Anónimo disse...

opah o palito nem apoiou o mel nas eleições

Anónimo disse...

com tanta podridao n jsd de facto podia haver uma lipeza nesse partido. mas a JP n é nenhuma RECOLTE para apanhar com o lixo de todos os lados

Anónimo disse...

mas a jp existe? pensava que a jp tomava decisões a jogar o pes2008...não vamos fugir ao essencial...é preciso uma alternativa credível para a jsd...e o futuro poderá ser muito bem com o ivo e o palito

Anónimo disse...

A JP existe sim e sempre atenta aos problemas da sociedade!

Anónimo disse...

Para se juntar a esses 2 so falta o amigo FELIX mas esse ta sempre do lado do nin.....

Anónimo disse...

mas há quem diga que o ivo tem o felix encravado na garganta e tb o felix nao apoiou o palito na ae logo não vejo que seja possivel

Anónimo disse...

palito na jsd????
o que ele quer é saber do glorioso, isse sim é que lhe da alegrias. um rapazito que so vê vermelho a frente, se a Marisa do do centro de emprego sabe disso ainda o convida para ser o proximo candidato a JS ja foste TORRES....

luis disse...

esperem aí...mas o palito não sonha apenas ser líder da sua claque do benfica???? ele não quer nada com a política

Anónimo disse...

luis? DAS AGUAS? mas tu nao apoias o melchior? o palito nao apoiou o melchior? logo nao devias tar aki apoiar o palito?

Ivo Pinto disse...

http://diariodepalitovsky.blogspot.com/

Anónimo disse...

não metam o meu nome em guerras políticas,porque eu estou fora.tenho a minha opinião sobre a jota como toda a gente sabe,mas também como toda a gente sabe deixei-me de politiquices à muito tempo.

Anónimo disse...

Há uma coisa que se vê claramente, e esta manifestação dos professores é mais um dado a acrescentar aos muitos a que vimos assistindo ultimamente, o país não está a ser conduzido da melhor forma. E porquê? Porque os nossos governantes são autistas e despóticos. Não param para pensar e não escutam a opinião dos outros.Entendem que têm sempre razão, e que são infalíveis e não são, porque ninguém é infalível. E o grande erro deste governo está aí. Como sempre tenho dito, há medidas que urgia serem tomadas para bem de todos nós. Mas não da forma como estão a ser implementadas: Precipitada e impensadamente, sem serem tomadas, a montante, todas as medidas necessárias a uma implementação eficaz e eficiente das mesmas. As maiorias quase sempre dão nisto, em atitudes ditatorias dos governantes, nada benéficas para quem as toma e é objecto delas. A Arrogância e prepotência não agradam a ninhuém.

neuza disse...

Aos senhores e senhoras que têm utilizado este meio de comunicação para prestarem as suas opiniões negativas acerca dos professores apenas um reparo: foram esses incontetentes, palhaços e malandros que vos ensinaram as mais variadas matérias que vos cimentaram o conhecimento! Caso contrário não estariam agora a escrever duros ataques à classe docente, se estes não vos tivessem letrado!

Um outro reparo que fez questão de frizar os ordenados dos professores. o Senhor já ouviu falar em salário limpo? Ou seja, sem os devidos descontos para a segurança social? E mais digo. Os horários referidos incidem apenas nos tempos lectivos. No entanto, a base do trabalho docente não é apenas a sala de aula. A preparação das componentes lectivas é um processo demorado, o qual não está reflectido no horário laboral de um docente.Já para comentar a correcção de trabalhos, preparação de projectos escolares e inumeras burucracias exigidas! Se contar com esse trabalho, muitas horas teriam de nos ser pagas extraordinariamente!

Ninguém tem medo da avaliação, pois somos profissionais responsáveis e cientes dos nossos deveres. No entanto, este modelo é injusto pois põe na barra do professor responsabilidades que nada têm a ver com o seu desempenho ou responsabilidade! Os alunos não evoluem só porque têm um professor que não desempenhe as suas funções positivamente. Há factores externos aos quais os professores não têm influência e que diminuem o aproveitamento dos alunos! Factores tão variados como a sociedade, a economia, o poder económico, o status, a família,...

Há muitos motivos para o contestamento dos professores. Querem um bem forte?
Desemprego da classe docente, em especial de jovens licenciados.


Sou professora, com muito orgulho! No entanto, esta categoria só me é conferida por um documento que me prova a minha licenciatura. Para ganhar a vida, dou explicações num centro de estudos(e aproveito já para dizer que como a mão de obra é muita, e a remuneração é baixa)e ainda trabalho numa loja a tempo inteiro, como empregada de bacão, como tantos outros protugueses que nem o secundário terminaram.Trabalho quase 13 horas por dia e nem sequer gozo de fim de semana. Não é nenhuma humilhação, mas é revoltante! Ao final de tantos anos a estudar, a lutar por uma vida melhor, acabo por não lucrar a educação e formação que tive. E à qual o estado apoiou, com bolsas de estudo!

Então o que fazemos nós, jovens professores licenciados e no desespero do desemprego? Para que nos serve a licenciatura?
Em tom irónico, deve ser para vermos a vida por um canudo!

E já que estou a falar de jovens professores, ainda nao entendi a necessidade de uma prova de ingresso para os contratados! Senhor Primeiro Ministro nós somos licenciados! Já estudamos e demos provas de que somos competentes para o cargo! De certo que quer comprovar que a nossa formação não foi "paga"!?!!

Querem melhorar o sistema de ensino português?
Então, diminuam o número de alunos por turma, não façam da escola um depósito de crianças, equipem melhor as escolas, não obriguem crianças a fazerem quilómetros por dia para estudarem (desmotiva os alunos), não rebaixem a classe docente (atribuindo a nós os fracassos e nunca os louros). Deixem os jovens professores trabalhar para dar um novo fôlego às escolas.

Com os melhores cumprimentos a todos os que dedicaram parte do seu tempo a ler este comentário.

Anónimo disse...

Afinal a senhora professora ganha muito mais do que aquilo que eu julgava.

O resto são lamúrias.

Já agora... Também fui professor.

Anónimo disse...

Para a NEUZA

Incompetentes e não (incontetentes).
Dois erros numa só palavra!!!
Cuidado com a escrita Srº Professora!

Murilovsky disse...

O problema dos nossos politicos e dos politicos em geral é que até serem eleitos são pessoas humildes, bons ouvintes, respeitadores de opiniões contrárias - no fundo "boas pessoas" (esta é para rir :)))

São eleitos e por obra e graça do espirito santo (salvo seja) tudo mudam a dquirem um "dom" que os torna omnisapientes, , e muitos omni... mais - ou seja: autista, déspotas, candidatos a ditadores, e outros diabos a quatro.

Resumindo e concluindo: AUSÊNCIA TOTAL DE VERTICALIDADE ÉTICA...

Não esquecer que felizmente ainda existem algumas excepções (mas muito poucasssssss).

Fiquem bem

Anónimo disse...

O que os pais querem é que os seus filhos passem sempre, nem que tenham negativas a tudo...

E querem também que os seus meninos tenham boas notas a todas as disciplinas, nem que não saibam nada...

Se o ME quer avaliar os professores pelos resultados dos seus alunos, não se aflijam, pais, que o que vão ter é o que tanto desejam: um grande, mas falso sucesso escolar!

No entanto, no futuro, não se queixem se um professor não souber ensinar; nem se queixem se um médico não vos souber tratar ou se em qualquer serviço público ninguém vos souber atender...

Nunca um advogado, nem um médico, nem ninguém alguma vez foi (após estágio) avaliado por um seu colega ou pelos seus utentes e disso dependeu a sua progressão na carreira!... Por que há-de isso acontecer a um professor, ou seja, ser avaliado por pais, por colegas (menos qualificados e mais novos) e por alunos?!...

Haja bom senso!

Anónimo disse...

A Maria José Viseu foi professora em Sernancelhe. Para além de ser incompetente (vejam se quiserem o registo de faltas que ela deixou quando esteve na Escola EB 2/3 de Sernancelhe, ou até mesmo consultem actas dos conselhos de turma onde ela passou e vejam a que me refiro) arranjou uma encrenca tal com um aluno que teve até um processo a correr no tribunal de Moimenta da Beira por injurias e calunias para com um aluno da referida escola. Nessa altura havia uma data de profesores convocados para testemunharem nesse processo, mas não como testemunhas da incompetente Maria José Viseu e sim como testemunhas do aluno pois as confusões e a incompetência foi de tal tamanho que ninguem lhe poderia valer.
Contudo o aluno acabaria por retirar a queixa, mesmo com provas de actas, testemunhas e gravações audio muito comprometedoras para a Maria José Viseu, tendo ao que consta a mesma pago umas boas férias ao dito aluno...

Como podem ver esta "senhora" não é flor que se cheire!

Maria Jose Viseu... tenha vergonha da merda que fez e de uma vez por todas desapareça de cena!

(Consultem na escola eb 2/3 de Sernancelhe a presidente do executivo para mais informações... e no tribunal de Moimenta da Beira será fácil terem acesso à documentação...)

Anónimo disse...

O que muita boa gente pretende é que se volte, de novo, ao tempo do analfabetismo. Aliás, o que são as novas oportunidades, senão uma forma de promover o analfabetismo? E porquê? Porque o importante são as estatísticas.Nunca me lembra ter vivido um tempo assim. Isto está mesmo a bater no fundo.

Anónimo disse...

Olha!Olha! Professorado fraco na fotografia! Só pensam em ganhar ordenados e sem grande formação... Voltai á primária. Votaram nos nossos governantes e agora vêm-se queixar,será que querem virar a casaca e estão a aproveitar-se das manifestações!? Também não sois bons em nada. Tristes coitados.

Anónimo disse...

Que grande exemplo de professores nesta ultima fotografia!
Estes precisam mesmo de ser avaliados.